Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

16 de agosto de 2013

Cristologia - Teologia 09.44 - Sofrimento Físico na Cruz

Cristologia - Teologia 09.44


Sofrimento Físico na Cruz

Salmos 22:14-15: "Como água me derramei, e todos os meus ossos se desconjuntaram; o meu coração é
como cera, derreteu-se no meio das minhas entranhas. A minha força secou-se como um caco e a língua se
me pega ao paladar; tu me puseste no pó da morte."

Tendo sofrido pelo espancamento e pelas chicotadas, Jesus sofreu de severa hipovolemia pela perda de sangue. Os versos acima descrevem Seu estado desidratado e a perda de Sua força.

Quando a cruz era erguida verticalmente, havia uma tremenda tensão posta sobre os pulsos, braços e ombros, resultando num deslocamento dos ombros e juntas dos cotovelos.(Metherall) Os braços, sendo preso para cima e para fora, prendendo a caixa torácica numa fixa posição final inspiratória na qual dificulta extremamente o exalar, e impossibilitava ter completa inspiração do ar. A vítima poderia apenas ter pequenas respiradas.(Isto talvez explique o porque Jesus fez pequenas declarações enquanto estava na cruz). Enquanto o tempo passava, os músculos, pela perda de sangue, falta de oxigênio e posição fixa do corpo, passariam por severas cãibras e contrações espasmódicas.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...