Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

30 de agosto de 2013

Discípulado - Teologia 13.02 - O Perfil dos Alunos

Discípulado - Teologia 13.02


I. O PERFIL DOS ALUNOS

Quem são seus alunos? Naturalmente são novos convertidos. A diferença e a ênfase está justamente nisto: não são alunos comuns.

1. São como crianças recém-nascidas em Cristo que precisam ser identificadas logo após o nascimento.

O pecador se arrepende; o Espírito Santo o regenera (novo nascimento) = conversão.

Devem ser recepcionados imediatamente após a conversão e identificados, através da "Ficha de identificação e triagem".

Na triagem:  

Oferece literatura;  

Orienta sobre os principais trabalhos da igreja;  

Orienta quanto a matrícula na EBD: ideal orientadores para cada faixa (crianças, adolescentes, jovens e adultos).  

Qual a finalidade da identificação?

Ter como localizá-los.  

Conhecer a realidade de seus alunos.  

Sondagem, Coleta de dados, Conhecimento da realidade, Diagnóstico, Estratégia de Trabalho, (Nome, endereço, data de nascimento, data da decisão, origem religiosa, sua relação com a comunidade, histórico familiar, nível sócio- econômico, cultura, necessidades pessoais, limitações físicas; perguntas dos tipo: É a primeira vez que está se decidindo? Está vindo de outra igreja? Qual? Quanto tempo esteve por lá?).
Elaborar programa de assistência.  

Formar comissões de visitadores (que atendam as peculiaridades dos decididos: idade, sexo, formação etc.)  

"A salvação é de graça, mas o discipulado custa tudo o que temos." Billy Graham
  
Você precisa conhecê-los realmente! Vamos fazer um teste? Pense em três novos convertidos de sua igreja.

Sabe o nome deles?  

Pode lembra-se onde eles moram?  

Sabe a data do aniversário deles?  

Sabe como vão indo nos estudos ou no trabalho?  

Mantém boas relações com suas famílias?  

Conhece algum problema em particular?  

O que poderia dizer sobre seu testemunho cristão?  

Há alguma coisa especial de que necessitam?  
• Quando foi que aceitaram a Cristo?  

2. São pessoas especiais que requerem atenção especial 
  
a) São totalmente dependentes espiritualmente.

Só conseguem digerir os aspectos mais simples das verdades espirituais.   "Com leite vos criei e não com manjar, porque ainda não podíeis, nem tão pouco ainda agora podeis" (1 Co 3.1-3).  

Precisam ser alimentadas por outrem.  

Têm dificuldade em falar (de explicarem a razão da fé).  

b) Falta-lhes um senso adequado de valores.

Agarram-se a detalhes sem importância, em vez de aprenderem o que tem realmente valor.  

(Eles se escandalizam facilmente; se apegam a rudimentos de doutrinas; podem criar dogmas)
O professor deve apresentar a Cristo como Senhor e não apenas como Salvador (senhorio de Cristo Mt 16.24). Muitos querem as bênçãos do Salvador mas não o aceitam como Senhor. Precisamos aceitar o senhorio de Cristo (diferente da Confissão Positiva).  

O professor deve apresentar a real proposta do evangelho. Livrar o homem da perdição eterna (diferente do Evangelho da Prosperidade).  

3. São pessoas carentes que requerem cuidados especiais.

a) "Alimentação" adequada (leite racional).

Não haverá crescimento espiritual independente da Palavra de Deus.

 "Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo" (1 Pe 2.2).

Quando o homem aceita a Cristo torna-se nova criatura, ou seja, nasce de novo.
Não se pode administrar à criança recém-nascida alimentos sólidos, antes, o leite materno.   O novo convertido precisa conhecer as doutrinas básicas da salvação. Portanto, inicialmente, deve afastar-se de assuntos complexos e especulativos.

A princípio, a criança é alimentada pelos outros; mais tarde, começa a alimentar- se por conta própria e finalmente, quando adulta, passa a alimentar outros.  

Um dos alvos do fazedor de discípulos é ensinar o discípulo a alimentar-se, de forma que ele possa, mais tarde alimentar também outros.

b) "Meio-ambiente" propício (lar espiritual).

Não haverá crescimento espiritual fora do contexto da comunhão cristã.

"Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo" (Ef 4.13).

Observando as palavras de Paulo em Efésios 4.13 "Até que todos cheguemos..." verificamos que o meio ambiente propício ao crescimento espiritual é encontrado no contexto da comunhão cristã (lar espiritual, família espiritual).  

Não é suficiente o contato que o professor tem com o aluno durante a aula na Escola Dominical. O professor deve proporcionar um meio-ambiente propício para um inter-relacionamento com outros crentes onde se compartilham idéias, verdades aprendidas na Palavra, aspirações, e onde haja compreensão.  

c) Precisam de um referencial no novo grupo de convivência.

Geralmente a primeira referência do novo convertido na igreja é o professor (discipulador) de sua classe na Escola Dominical.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...