Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

24 de agosto de 2013

Namoro Santo

Namoro Santo

Eu me lembro muito bem daquela noite, estava frio em São Paulo, já se passava das duas da madrugada, estávamos na rua, em frente a um supermercado fechado; enquanto eu falava com um senhor mais velho, ela abordava um jovem. Parecia que todos os meus amigos me falavam bem dela, a gente até já havia se esbarrado em outras ocasiões, mas nossa conversa eram de poucas palavras, parecia que me evitava, e eu não forçava a barra. Também, com tanto gavião em cima!

Mas naquela noite, junto aos moradores de rua, na rua Domingos de Moraes, eu vi algo que eu queria muito, um caráter aprovado por Cristo. 
Apaixonei!

Foi assim que começou a história do meu namoro com a Paulinha, quem diria. Eu fui pra rua, disposto a me aproximar de qualquer pessoa que estivesse, suja, bêbada, fedida, mijada, drogada, entre outras coisas, e encontrei um anjo, uma anja, linda, cheirosa, e linda de novo.

Sexta passada, fomos novamente para um projeto com moradores de rua, quase um ano e meio depois desse nosso primeiro encontro nas ruas, e chuta quem me inspirou a ir? Claro, ela, minha princesa. E eu falo essas coisas para que você tenha uma noção da pessoa que quer se relacionar, será que você está procurando um rostinho bonito, ou um cara/mina cheio da unção ($$$$)?

Eu procurei um caráter, mas de nada adiantaria se isso fosse algo momentâneo, só uma pegadinha, e depois a bela se transformasse na fera. Não muito tempo depois, seu caráter está ainda mais refinado, e ela faz algo que com toda certeza deixa Jesus muito feliz.

Nos aproxima de Deus. Como? Bom, toda vez que a Paulinha me lembra de participar de algo assim, ou estudarmos a Bíblia, como ontem, quando eu estava desesperado pra ver o “Curintians” na Libertadores, e ela com um questionário de dez perguntas sobre o Velho Testamento! Aleluia, isso nos aproxima de Deus! Ela participa comigo, nos divertimos, saímos, mas também oramos juntos e jejuamos. Esses dias, eu e ela de jejum, fomos convidados para uma festa, com um buffet de crepes doces e salgados, sorvete com calda de chocolate, brigadeiro de colher, entre outras coisas, nesse dia, construímos nossa mansão celestial!

Dai fui questionado por uma amiga: 

“Ah, eu queria ver se sua namorada fosse feia!” 

E eis a minha resposta: 

Se eu fui pela aparência, então ou você está me chamando de bonito, ou ela não liga para aparência! Rsrsrsr.

Quer uma dica, mano, vai se envolver nas coisas da igreja, o Samu conheceu a Helena num projeto missionário, o Fe conheceu a Fran numa conferência missionária, nos falamos por aqui que a escolha é sua, certo, mas se está na vontade de Deus, Ele vai sim, direcionar e abençoar. Creia!

Voltando pra sexta, quero contar uma história, aliás, muitos dizem que é perda de tempo evangelizar moradores de rua, pois eles não se convertem, precisam de medicação, tratamento.

Pois eu digo, que se eles não se convertem, pelo menos nós nos convertemos!

Pois bem, fizemos os lanches, suco e leite quente, pegamos umas roupas e cobertores, juntamos a galera, e fomos para igreja ao céu aberto. Como sempre, encontramos muitos que haviam bebido, também com o frio que estava fazendo, muitos pontos de drogas, prostitutas, velhos e jovens bem vestidos se entregando ao vício. Atendemos mais de cinquenta pessoas aquela noite, mas uma ficou marcada, Senhor Geraldo, com seus sessenta e poucos anos, e uma simpatia incrível. Paramos para conversar, histórias antigas sobre seu trabalho, sua vinda para São Paulo, e como temia a Deus e sabia de cor o Salmo 23. O cheiro estava horrível, mas eu já estava vendo um milagre, um amigo que minutos antes nos disse que tinha dificuldades em abraçar essas pessoas, estava ali, grudado no Senhor Geraldo. Ele comeu, bebeu um suco, ganhou umas roupas e nos pediu uma Bíblia, que demos com dedicatória, mas não sem antes lermos o Salmo 23:

 
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida: e habitarei na casa do Senhor por longos dias. 

Eu e a Paulinha saímos dali com o coração na mão. Nossa conversa foi assim:

 Poxa, lindinha, olhando o Senhor Geraldo eu me lembro…do meu pai. 

- Ela completou.

 Pois é, e sabe, dá uma vontade…de levar pra casa pra cuidar. 

- Ela completou de novo!

Um mesmo sentimento, a mesma compaixão. Como crescemos fazendo essas coisas, como vemos que nossa vida não é nada, e que se nos descuidarmos, com tudo que temos, ficaremos de fora, mas esses amados de Deus, estarão no reino.

 
Disse, porém Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males, e agora este é consolado e tu atormentado. ”  Lc 16:24

Falamos muito de namoro aqui no NMM, mas queremos que entendam, que não é pela sensação de estar juntinho, de estar apaixonado, de ter uma costela, de desencalhar, isso não faria muito sentido.

Seu namoro vai fazer sentido quando ele te aproximar de Deus. Quando vocês estiverem dispostos a perderem para ganhar almas, ganhar sorrisos, ganhar a sua própria salvação.

Podem pensar que namoro santo, é namoro que não faz nada. Não!

Namoro santo é o que faz tudo, pra agradar a Ele!

Sejam luz nesse mundo em trevas, galera. Façam isso sozinhos e também juntos, que todos não tenham nada de mal para falar de vocês, mas que as suas obras possam declarar que servem ao Deus Todo Poderoso.

Bjos, fiquem na paz.
Marcinho
Email12/2010

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...