Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

18 de setembro de 2013

Eclesiologia - Teologia 25.12 - Liderança

Eclesiologia - Teologia 25.12

LIDERANÇA: 

Muito tem-se dialogado referente às qualificações para a liderança eclesiástica.   Vale ressaltar que o exemplo supremo de liderança em Jesus Cristo ressalta em   particular o caráter do individuo, expresso em servir aos demais em detrimento   pessoal. Visto que o contexto vivido no primeiro século da igreja era distinto do   atual,  certas  informações  ajudam  a  situar  e  compreender  o  ensino  bíblico.   Olhando para o contexto perante o qual o Novo Testamento trata assuntos de   liderança, enxerga-se os seguintes detalhes:  

•     Paulo  tinha  a  tática  de  começar  seu  trabalho  com  judeus,  aparentemente   para ter líderes já versados nas Escrituras e cumprindo com um estilo de vida já   próximo ao ensino de Jesus, os quais poderiam auxiliar rapidamente na pregação
e ensino da Palavra de Deus (já tinham um conceito arraigado de monoteísmo,   moralidade, etc.);  

•          Paulo reúne um corpo de líderes para atuar em conjunto consigo e para dar   seguimento ao trabalho que ele começa. Daí ele coloca em prática um sistema   de ministério compartilhado com a inclusão de vários pregadores e professores.   Seu ministério é levado adiante em grupo, não a sós;  

•          Os  termos  bíblicos  “profeta”  e  conseqüentemente  “profecia”  chegam  mais   perto do uso atual dos termos pregador e sermão do que os conceitos atuais de   profecia como sendo futurística;  

•          Paulo   quebra   com   normas   de   liderança   judaica,  mas   demonstra   certo   respeito às mesmas;  

•          O  exemplo  de  Paulo  abnegar  seus  direitos  de  cidadão  romano  em  Filipos,   mesmo quando esses direitos o teriam protegido dos açoites, deve ser levado em   consideração na qualificação do caráter do indivíduo;  

•          Para Paulo, idade não tem a importância que era dada entre os judeus, pois    deixa Timóteo servir no ensino antes de chegar à idade normativa de trinta anos;  
•          No contexto do primeiro século não havia opção para uma mulher estudar,   nem  ser  alfabetizada.  Quando  Paulo  abre  espaço  para  que  a  mulher  aprenda   (mesmo  que  em  casa)  ele  se  distancia  em  muito  das  normas  aceitáveis  na   sociedade,    colocando-a    no    mesmo    nível    do    homem    em    termos    de   responsabilidade;  

•          Paulo  aceita  e  recomenda  mulheres  para  cargos  visíveis  na  igreja  (Febe  é   considerada  diácono  da  igreja  e  recomendada  por  Paulo  nesta  posição.  Logo,   Prisca e Áquila são mencionados, com a proeminência sendo dada à mulher na   ordem alistada).  

•          Atos 21.8 menciona quatro filhas de Filipe como tendo o dom da profecia,   esta sendo em outras passagens descrita como o dom maior, também o Antigo   Testamento inclui mulheres na lista de profetas;  

•          Jesus e Paulo elevaram em muito o status conferido à mulher em relação ao   contexto social;  

•          Conotações de moral e ética em referência a líderes descritas nas epístolas   devem ser lidas no contexto de outras passagens como Mateus 18 e João 21;  

•          Em  geral,  as  igrejas  no  Novo  Testamento  têm  mais  do  que  uma  só  pessoa   exercendo funções de liderança formal;  

•          Paulo escreve cartas a igrejas onde já não atua, tentando resolver problemas   na igreja sem medir a força de suas colocações, mesmo havendo outros líderes   no local aos quais ele pode chamar de “verdadeiros companheiros”;  

•          Na Bíblia o termo “pastor” geralmente designa a função educadora na igreja,   o  termo  “bispo”  refere-se  mais  a  funções  supervisionais,  o  termo  “diácono”   refere-se  a  funções  administrativas  e  o  termo  “profeta”  refere-se  mais  ao   ministério  da  pregação  da  Palavra  de  Deus  no  sentido  da  aplicabilidade  da   vontade divina ao contexto vivido;  

•          Na conversa com Marta e Maria, Jesus aceita e aprova que Maria se coloque   na  posição  de  discípulo,  deixando  de  lado  as  suas  obrigações  sociais  como   mulher. Sentar aos pés de um mestre era expressão de discípulo que se sentava   para aprender    privilégio reservado apenas aos homens.  


Muito  se  pode  extrair  para  tratar  questões  de  capacitação  e  qualificação  de   líderes da igreja, mas um elemento essencial a ser lembrado é o da existência de   múltiplos  ministros  exercendo  funções  ministeriais  na  igreja  local,  não  um   individuo atuando sozinho. É salutar lembrar que os diáconos foram escolhidos   para cumprir com tarefas administrativas expressamente para que os apóstolos   se dedicassem ao estudo da Palavra de Deus e ao seu ensino. A prática de muitas   igrejas, no entanto, é de forçar o seu pastor a cumprir primeiramente as tarefas   administrativas   e   públicas,   podendo   estudar   e   preparar-se   para   o   ensino   somente no tempo que lhe sobrar. Esse modelo comumente aplicado na prática   não é bíblico.  

O   testemunho   bíblico   também   dá   espaço   para   o   exercício   do   ministério   feminino. Mesmo que algumas passagens tenham aparência inicial de eliminar a   opção   de   ministério   de   mulheres,   muitas   passagens   não   somente   abrem   oportunidade,  mas  refletem  de  maneira  positiva  a  atuação  de  mulheres  em   posições  ou  cargos  de  liderança  nas  igrejas  do  Novo  Testamento.  De  fato,  a   norma bíblica espera ver homens na liderança da igreja, mas não nega a ocasião   do  ministério  da  mulher,  mesmo  como  profeta,  pregando  a  Palavra  de  Deus.   Lembra-se que se for difícil para a liderança de uma mulher ser aceita na igreja
atual,  tal  era  muito  mais  difícil  numa  época  em  que  a  maioria  dos  homens   pensavam  na  mulher  como  mercadoria  para  ser  usada,  trocada,  vendida  e   descartada.  Foi  num  contexto  desses  que  Paulo  escreveu  “não  há  macho  nem   fêmea; pois todos somos um em Cristo Jesus”.  


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...