Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

2 de dezembro de 2013

Epistolas Paulinas - Teologia 16.24 - Salvos Pela Fé

Epistolas Paulinas - Teologia 16.24

Salvos pela Fé 

O evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé;   e isto não vem de vós; é dom de Deus" (Efésios 2:8). "Quem crer e for batizado será salvo..." (Mar. 16:16). "Mas, a todos quantos O   receberam,  deu-lhes  o  poder  de  serem  feitos  filhos  de  Deus,  a  saber,  aos  que  crêem  no  Seu  nome"  (João  1:12).  "Porque  com  o   coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação" (Romanos 10:10) “A obra de Deus é esta: que creiais   naquele que por ele foi enviado". (João 6:29).  

Faltar-nos-á tempo para falar daqueles que "por  meio  da fé,  subjugaram  reinos, praticaram a  justiça,  obtiveram  promessas,  ...  da   fraqueza  tiraram  força..."  (Hebreus  11:33  e  34).  Os  homens  podem  dizer:    "não  vejo  como  uma  pessoa  pode  ser  feita  justa   simplesmente crendo." O que você vê não tem nenhuma transcendência: você não é salvo pela vista, mas pela fé, já que é o Senhor   quem  opera  a   salvação.  Cristo  habita  no  coração  pela  fé  (Efésios  3:17),  e  uma  vez  que  Ele  é  a  nossa  justiça,  também  "é  minha   salvação, confiarei e não temerei" (Isaías 12:2). Veremos mais amplamente ilustrada a salvação pela fé, à medida que continuemos no   estudo, posto que o livro de Romanos é totalmente dedicado a isso.

"Primeiro do judeu"    Quando Pedro, a pedido de Cornélio – o centurião romano –  por mandado do Senhor, foi a Cesaréia para pregar   o evangelho aos gentios, suas primeiras palavras, depois de haver escutado a história de Cornélio, foram: "Reconheço, por verdade,   que Deus não faz acepção de pessoas; pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável"   (Atos 10:34 e 35).      

Foi a primeira vez que Pedro percebeu essa verdade, mas não a primeira vez que isso era verdade. Tal verdade é tão antiga, quanto o   próprio Deus. Ele nunca escolheu uma pessoa com exclusão dos demais. "A sabedoria, porém, lá do alto é ... imparcial" (Tiago 3:17). É   certo  que  os  judeus,  como  nação,  foram  maravilhosamente  favorecidos  pelo  Senhor,  porém  perderam  todos  os  seus  privilégios   simplesmente porque supuseram que Deus os amou mais do que a qualquer outro, e que tinham exclusividade. Ao longo de toda a sua   história,   Deus  tentou  fazer  com  que  compreendessem  que  aquilo  que  lhes  oferecia  era  para  o  mundo  inteiro,  e  que  tinham  de   ministrar aos demais a luz e os privilégios de que participavam.       

Casos como o de Naamã, o sírio, ou dos ninivitas, a quem Jonas foi enviado, figuram entre muitos outros por meio dos quais Deus   queria ensinar aos judeus que Ele não faz acepção de pessoas.       

Então, por que o evangelho foi pregado primeiro ao judeu? Simplesmente porque estavam mais próximos. Cristo foi crucificado em

Jerusalém. Ali Ele comissionou Seus discípulos para a pregação do  evangelho. Ao ascender, disse: "Sereis Minhas testemunhas tanto
em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra" (Atos 1:8) Era muito natural que devessem começar a   pregação  do  evangelho  no  lugar  e  para  as  pessoas  que  estavam  mais  próximas  a  eles.  Esse  é  o  segredo  de  toda  ação  missionária.   Aquele que não trabalha de acordo com o evangelho em sua própria casa, não fará nenhuma obra evangélica, embora possa viajar a   um distante país.      

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA





Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...