Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

1 de fevereiro de 2015

Epistolas Paulinas - Teologia 16.149 - "A Obediencia de Um"

Epistolas Paulinas - Teologia 16.149

“A obediência de Um” – 

Pela obediência de Um, muitos serão feitos justos. O homem não é salvo por sua própria obediência,   mas mediante a obediência de Cristo. Isso é o que cético procura ironizar, pois lhe parece que a obediência de um homem não pode   ser contada em favor de outro. Porém, aquele que rejeita o conselho do Senhor, nada sabe de justiça e não está qualificado para julgar   o caso. 

O ensino bíblico não é que Deus nos chama de justos simplesmente porque Jesus de Nazaré foi justo há dois mil anos. Não! O que a   Bíblia diz é que por Sua obediência somos declarados justos. Veja que o tempo verbal é o presente do indicativo. Trata-se de justiça   atual. O problema daqueles que fazem objeção ao fato de a justiça de Cristo ser imputada ao crente, é que não leva em conta o fato de   que Jesus vive. Vive hoje tão certamente como quando esteve na Judéia. “Ele vive” e é o “mesmo ontem, hoje e eternamente”. Sua   vida está tão perfeitamente em harmonia com a vontade de Deus agora como esteve no passado, e vive no coração daqueles que nEle   crêem.

Por conseguinte, é a obediência atual de Cristo no crente que permite a declaração de justiça divina no homem. O homem não pode,   por si mesmo, fazer nada; por isso Deus, em Seu amor, o faz por Ele. Isto é: “Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e   esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a Si mesmo Se entregou por mim” (Gálatas 2:20)

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA





Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...