Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

25 de julho de 2015

Estudo da Fé - Teologia 19.37 - Concordar Mentalmente com a Palavra de Deus Não é Crer Com o Coração

Estudo da Fé - Teologia 19.37


Concordar Mentalmente com a Palavra de Deus Não é Crer Com o Coração

John Wesley, o fundador da igreja metodista, disse que muitas pessoas que vão à igreja não são realmente salvas. Somente concordaram mentalmente com certas verdades. Admitiram que certos fatos são verdadeiros somente em suas mentes, mas não em seus corações. Wesley se referia à fé mental que se opunha à fé do coração, no que se referia à salvação ou ao novo nasci­mento; mas o mesmo princípio também vale no que se refere à cura, ao batismo com o Espírito Santo, ou à resposta de uma oração.
Muitas vezes, as pessoas que1 somente concordam mentalmente com a Palavra de Deus pensam que estão crendo. Mas há uma diferença entre o assentimento mental e a fé.
A fé diz: "É meu. Tenho agora".
O assentimento mental diz: "Sei que poderia receber, mas por alguma razão não recebo".
As pessoas que estão concordando mentalmente com aquilo que a Palavra diz, não estão de fato crendo. Concordam mentalmente com aquilo que a Palavra diz, mas não se apropriam das promessas de Deus para si mesmas. Muitas vezes, as pessoas chamam o esperar de crer. Mas esperar não é crer.
As pessoas que somente consentem mentalmente com a Palavra de Deus diriam: "Creio que irei ser cura­do". Isto não é fé e sim esperança.
As pessoas dizem que isto é crer, mas de fato não é; é esperança, porque volta-se para o futuro. Freqüente­mente ouço as pessoas dizerem: "Creio que receberei o Espírito Santo algum dia", ou, "Creio que irei receber minha cura", "Creio que Deus irá me curar algum dia". Não se trata de crer, e sim de esperar.
A esperança não funciona para se receber algo de Deus. É a fé que recebe de Deus. Deus não lhe diz que irá lhe dar o Espírito Santo ou que irá curá-lo algum dia ou no futuro. Não há uma única vez que Deus fala assim através da Palavra.
Por exemplo, Deus já concedeu o Espírito Santo à igreja no dia de Pentecostes (At 2.1-4). Tudo que os crentes têm a fazer é recebê-lo. E nossa cura já foi comprada e paga pelas chagas de Jesus e pelo seu trabalho redentor na cruz (ls 53.4,5; Mt 8.17; 1 Pe 2.24).
O que devemos fazer como cristãos é simplesmente recebermos aquilo que Deus já consumou ao nosso favor.
Alguém diria: "Deus prometeu me curar em Sua Palavra".
Não, não há nenhum lugar na Palavra de Deus onde ele prometa curar alguém. Deus nos diz que nossa cura já foi comprada e que ela já nos pertence. O que deve­mos fazer é tomar posse da nossa cura.




Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...