Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

23 de agosto de 2015

Estudo da Fé - Teologia 19.53 - Ia Para o Céu

Estudo da Fé - Teologia 19.53


Ia Para o Céu

Quatro meses mais tarde, em 16 de agosto de 1933, sabia que estava morrendo de novo.
Eu disse para o meu irmão mais novo: "Pat, corra e chame mamãe rápido. Estou morrendo. Eu quero dizer adeus para ela". E ele saiu tão rápido do quarto quanto um foguete!
Assim que mamãe entrou no quarto, tive a mesma sensação que tivera antes de sair do meu corpo nas vezes anteriores, exceto pelo fato de ser salvo então, pois quando deixei o meu corpo comecei a subir. Desta vez não comecei a descer; comecei a subir!
Nossa casa, do tipo antigo, tinha um telhado alto, e quando cheguei até lá, cerca de cinco metros acima da minha cama, minha subida cessou, e parecia que estava em pé ali.
Estava plenamente consciente. Sabia de tudo o que estava acontecendo.
Olhando para trás, vi lá no quarto meu corpo deitado na cama e minha mãe encurvada sobre ele, segurando minha mão.
Posteriormente, minha mãe me contou que eu tinha apertado a mão dela como numa convulsão mortal. Mas tendo deixado o meu corpo não podia falar com minha mãe para me despedir dela.
Então, olhei para cima e ouvi uma voz. Não vi nin­guém, mas sabia que era uma voz masculina.
Não sei se era Jesus ou se era um anjo, mas sei que se tratava de um emissário do céu.
Desta vez, a voz não falou numa língua estranha, mas falou em inglês.
A voz disse: "Volte. Volte. Você não pode vir para cá ainda, pois sua carreira na Terra ainda não foi comple­tada".
Quando foram faladas aquelas palavras, comecei a descer e voltei para o meu corpo.
E de volta ao meu corpo falei: "Mamãe, não vou morrer agora". Ela pensou que eu não iria morrer naquele instante, mas minha intenção era explicar que não iria morrer de modo algum naqueles tempos.
Queria dizer que viveria uma vida inteira, para realizar a obra e a vontade de Deus!
Mesmo assim, permaneci durante doze meses intei­ros na cama antes de receber minha cura. Isto porque, embora fosse da vontade de Deus que eu vivesse, Ele não poderia fazer uma exceção ao meu favor.
Em outras palavras, tive que receber minha cura pela fé como qualquer outra pessoa teria que receber, e assim levou-me 12 meses até que conseguisse enten­der a Palavra de Deus no que se referia à cura.
Depois dessa experiência fiquei ainda acamado por muitos meses, esperando que Deus me curasse, mas Ele não o fez. E se você está esperando que Deus o cure, Ele não o fará.
Você está perdendo o seu tempo pois é Deus quem está esperando que você receba o que Ele já lhe deu gratuitamente.
Se você começar a ler a Palavra de Deus e meditar nEla, começará a se apropriar de sua cura e receber o que Deus já realizou em seu favor.




Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...