Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

8 de março de 2016

Estudo da Fé - Teologia 19.134 - Eu Sabia Que Era Uma Nova Criação em Cristo

Estudo da Fé - Teologia 19.134


Eu Sabia Que Era Uma Nova Criação em Cristo


Lembro-me a primeira vez que li 2 Coríntios 5.17. Estava no leito de enfermidade. Eu li: ... E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura...
Era somente um jovem de quinze anos de idade, quando fui salvo por Deus lá no leito de enfermidade. Fiquei confinado à cama até quase dezessete anos de idade, quando então fui curado pelo poder de Deus.
Nos três ou quatro anos seguintes que se seguiram à minha cura, ainda não entrara para o meio dos cristãos do Evangelho Pleno. Era um cristão denominacional que tinha comunhão com os outros membros da minha de­nominação. Mas posso lhe dizer, vivia uma vida tão boa quanto a que vivo hoje.
Fui para o curso secundário, e nunca tive os proble­mas de associação com o mundo que muitos outros jovens tiveram. Sabia que fazia grande diferença dizer a todos que era uma nova criatura em Cristo Jesus.
Era somente um jovem denominacional, mas não me incomodava nem um pouco com o que as pessoas falavam ao meu respeito. Não tinha medo de ser critica­do. De fato as críticas nunca me incomodaram nem um pouco.
Testemunhava para os alunos, para os professores, para o diretor e para todos que era uma nova criatura em Cristo.
De fato, quando fui à cidade logo depois de ser cura­do, encontrei um amigo meu. Antes de ficar confinado à cama éramos amigos do peito. Mas durante os dezes­seis meses que fiquei confinado à cama ele viera me visitar somente uma vez.
Quando o encontrei ele parecia muito alegre e satis­feito em me ver. Sentamo-nos no estribo de um carro e começamos a conversar.
Ele começou a falar do que fazíamos antes de ficar confinado à cama e de ter nascido de novo. Fiquei ouvindo com um olhar e uma expressão facial de alguém que não sabia o que ele estava falando.
Eu me lembrava de tudo o que ele estava falando, mas não era mais a mesma pessoa.
Em certo ponto, ele olhou para mim e disse: "O que há de errado com você?".
Eu disse: "Nada".
Ele disse: "Você se comporta como se nem mesmo soubesse a respeito do que estou falando".
Ele apontou para uma loja ali perto e riu a respeito do que acontecera numa noite.
Penso que tinha duas coisas que sempre podia fazer sempre pude domesticar animais selvagens e abrir qual­quer fechadura.
Suponho que eram talentos naturais, mas as fecha­duras sempre me intrigaram (estou lhe contando estas coisas para que você entenda a respeito do que ele estava falando).
Abrira portas de algumas lojas quando tinha treze anos, mas eu mesmo não entrava. Os outros meninos entravam e pegavam doces. É claro que eu os ajudava a comer os doces!
Era exatamente a respeito desse assunto que ele estava falando. A noite que ele se referia fora aquela em que os meninos entraram e pegaram doces, enquanto eu fora o responsável por abrir a fechadura da porta daquela loja.
Ele ria por isso, enquanto que eu somente ouvia.
Até que eu disse: "O menino que estava com você naquela noite está morto".
Ele disse: "Você não morreu! Vejo você sentado aqui bem do meu lado".
Disse-lhe que não estava me referindo à morte física. Disse-lhe que ele olhava para meu exterior e que eu me referia ao novo homem do meu interior.
Disse-lhe que no meu interior o verdadeiro Kenneth Hagin havia-se tornado uma nova criatura em Cristo Jesus. Então lhe citei 2 Coríntios 5.17. Disse-lhe que ele olhava para o mesmo corpo, a casa exterior em que habitava, mas que o homem que fora responsável por aquele furto tinha-se tornado uma nova criatura, e que este novo homem nunca roubara nada.
Aquele rapaz sabia que outrora eu era um mentiroso, e assim lhe falei que a nova criatura que era agora nunca falou uma mentira, e que nunca mais planejaria ou contaria uma única mentira. Disse-lhe que era uma nova criação em Cristo Jesus e que nascera de novo.
Lembro-me que ele desencostou do estribo e olhou para mim pensando que eu estivesse louco. Ele pensa­va que havia algo errado comigo. Não havia nada errado comigo! Tinha me tornado uma nova criatura em Cristo.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...