Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

27 de abril de 2016

Estudo da Fé - Teologia 19.161 - Cura Divina: Confissão Antes da Posse

Estudo da Fé - Teologia 19.161

Cura Divina: Confissão Antes da Posse

O mesmo princípio é válido no que se refere à cura divina. Devo confessar que pelas suas chagas fui sarado mesmo quando os sintomas ainda estão no meu corpo.

ISAÍAS 53.4,5
4       Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermi­ dades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
5       Mas ele foi traspassado pelas nossas trans­ gressões, e moído pelas nossas iniqüidades; o cas­ tigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

Faça a confissão de que pelas suas chagas você foi sarado. Os sintomas podem não desaparecer de ime­diato, mas à medida que você conserva firme a sua confissão, estes sintomas têm que desaparecer (Hb 4.14).
Devemos conservar firme nossa confissão, porque sabemos que Deus é poderoso para cumprir o que tem dito em Sua Palavra (Rm 4.21).

ROMANOS 4.17-21
17 Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí, perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem.
18 Abraão, esperando contra a esperança, creu, para vir a ser pai de muitas nações, segundo lhe fora dito: Assim será a tua descendência.
19 E, sem enfraquecer na fé, embora levasse em conta o seu próprio corpo amortecido, sendo já de cem anos, e a idade avançada de Sara,
20 Não duvidou da promessa de Deus, por incredu­lidade; mas, pela fé, se fortaleceu, dando glória a Deus,
21 Estando plenamente convicto de que ele era po­deroso para cumprir o que prometera.

Sei que Deus é poderoso para cumprir em minha vida o que tem me prometido em Sua Palavra. Sei que estou curado porque Deus diz que estou curado (Mt 8.17; 1 Pe 2.24). Não faz nenhuma diferença para mim o fato dos sintomas ainda estarem no meu corpo, diante daquilo que a Palavra diz.
Há alguns anos atrás, dirigia uma campanha para o irmão Goodwin. Durante três noites consecutivas estava com sintomas alarmantes em meu corpo. Na terceira noite, não conseguia adormecer. O diabo estava ali para me dizer que dessa vez eu não receberia minha cura. Não queria incomodar a ninguém, assim fiquei de pé e comecei a dar risadas.
O diabo continuou dizendo-me que não seria curado, e eu continuei dando risadas. Finalmente, o diabo me perguntou porque estava dando risadas, e eu lhe res­pondi que estava rindo dele.
O diabo veio me dizer que eu não obteria minha cura, mas eu lhe disse que a verdade é que não precisava obter minha cura, porque Jesus já a obteve por mim! Em 1 Pedro 2.24 lemos:... por suas chagas fostes sarados. Disse ao diabo: Se fui sarado pelas chagas de Jesus, então estou curado agora.
Quando disse isso e mantive firme esta confissão, o diabo pegou os seus pertences e foi embora! Assim, eu dou risadas do diabo, sem me importar quais sejam os sintomas.
Ordeno em nome de Jesus que o autor da enfermi­dade deixe o meu corpo. Tenho aprendido esta lei da fé: a confissão das promessas de Deus vem antes da posse das mesmas. Devemos aprender e praticar esta lei se quisermos ser bem-sucedidos.
Confesso e declaro com intrepidez a Palavra de Deus, e então posso ter a posse do que os meus lábios confessaram. Dou à Palavra o seu lugar. Fico do lado da Palavra. Se ficar ao lado da dor ou da enfermidade, não haverá cura para mim.
Mas repudio a enfermidade com a confissão da Pala­vra de Deus, que é uma expressão da fé na mesma. Minha confissão me dá a posse.
A fé é governada pela nossa confissão. Se disser que tenho orado e estou esperando que Deus me cure, então não estou de fato exercendo a fé e portanto não serei curado.
Nossa confissão deve ser: UA Palavra declara que estou curado. Firmado na Palavra de Deus, eu agradeço ao Pai pela minha cura agora, quando ainda não a sinto ou vejo. E eu louvo a Deus pois estou curado, porque de acordo com sua Palavra isso é um fato".


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...