Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

31 de maio de 2016

Estudo da Fé - Teologia 19.191 - Testar a Palavra é Duvidar da Mesma

Estudo da Fé - Teologia 19.191

Testar a Palavra é Duvidar da Mesma

Em 2 de setembro de 1950, por volta das 10:00 horas da noite, Jesus apareceu-me numa visão. Naquela vi­são, Jesus tocou as palmas de minhas mãos com a ponta do dedo de sua mão direita. Então, minhas mãos começaram a queimar como se estivessem segurando uma brasa.
Jesus me disse que havia-me chamado e me ungido com uma unção especial para ministrar aos enfermos. Disse-me que quando orasse pelos enfermos, deveria colocar uma mão em cada lado do corpo da pessoa.
Disse-me que quando estivesse orando, e o "fogo" (a unção) nas mãos estivesse passando de uma mão para outra, então era porque havia um espírito maligno no corpo da pessoa.
Se a unção não estivesse passando de uma mão para outra, era porque se tratava de um caso de cura somente.
A Bíblia diferencia a expulsão de demônios da minis-tração de cura para os enfermos. Naquela visão, Jesus me falou para impor as mãos sobre os enfermos e orar por eles.
Ele me disse que se o fogo estivesse passando de uma mão para outra, então deveria expulsar o demônio em Seu Nome. Ele disse que em Seu Nome os demô­nios tinham que deixar o corpo da pessoa.
No culto seguinte que tive que dirigir em Oklahoma, uma pessoa veio do Arkansas. Na reunião, ele disse que padecia de tuberculose na espinha. Passara por vários médicos. Sua espinha estava rígida, e as costas tão inflexíveis quanto uma tábua.
Coloquei uma mão no seu peito e a outra em suas costas e então pude sentir a unção pulando de uma mão para a outra. Sabia então que havia um espírito maligno alojado em seu corpo. Ordenei que o espírito maligno saísse em nome de Jesus (o espírito maligno estava em seu corpo e não em seu espírito. O seu corpo ainda não fora redimido).
Depois que ordenei que o espírito maligno saísse do corpo daquele homem, sem perceber, caí na increduli­dade. A Palavra de Deus opera pela fé.
Como caí na incredulidade? Perguntei ao homem se ele podia dobrar-se, e ele respondeu que'não podia. Disse-lhe para tentar de novo. Mas a Palavra não fun­ciona pela tentatival Ela somente funciona pela fé.
Fui incrédulo ao dizer aquelas coisas, e portanto o espírito maligno não.saiu do corpo daquele homem. O homem não podia se dobrar. Disse-lhe para tentar uma terceira vez, e também não funcionou. Então pedi para que voltasse para seu lugar. Quando ele andava pelo corredor para voltar ao seu lugar, Jesus me apareceu numa visão.
Jesus me disse: "Eu falei que os demônios seriam expulsos em Meu Nome. Fale para que saia em Meu Nome".
Disse a Jesus que sabia o que Ele dissera, mas que o demônio não tinha deixado o corpo do homem. Então Ele me disse novamente as mesmas palavras.
Respondi: "Sei que o Senhor disse isso Jesus, mas o espírito maligno não saiu".
Jesus disse: "Eu lhe falei que em Meu Nome os espíritos malignos sairiam. Fale para que saia em Meu Nome".
Disse de novo: "Senhor, sei que disseste isso".
Então percebi que Jesus estava tentando me restau­rar. Chamei o homem à frente de novo e disse-lhe que estava livre, e disse-lhe para inclinar-se e tocar os dedos dos seus pés (desta vez não disse para "tentar")- Ele assim o fez e foi liberto.
A dúvida estava roubando a minha fé. Não é sufici­ente sentar-se ali e concordar e dizer amém. Temos que ser praticantes da Palavra a fim de que nossa fé possa funcionar (Tg 1.22).
Você irá parar de duvidar e começar a agir pela fé? Você está pronto para parar de duvidar da Palavra e começar a praticá-la? Não permita que a dúvida roube o melhor que Deus tem para sua vida.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...