Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

6 de janeiro de 2017

Geografia Bíblica - Teologia 25.54 - Pilatos

 Geografia Bíblica - Teologia 25.54

1 - Pilatos

Pôncio Pilatos assumiu o governo da Judéia no ano 26 d.C. Nomeado por Tibério, sua administração foi tumul­tuada e cheia de agitações. O historiador e filósofo hebreu, Filo, escreve sobre o quinto governador romano da terra de Judá, taxando-o de rígido, teimosamente severo, de dispo­sição pronta a despeitar os outros; era excessivamente iracundo. O mesmo cronista fala, ainda, dos subornos, atos de orguho e violência, ultrajes, brutalidades e assassinatos cometidos por essa autoridade romana.
Pertencente à ordem eqüestre ou à classe média supe­rior romana, Pilatos dispunha de amplos poderes na Judéia. Tendo à sua disposição formidável aparato militar, tinha autoridade para prender, executar e suspender qual­quer pena capital. Sob a sua custódia, ficavam as vestes sacerdotais. Ele só as entregava ao sumo sacerdote, por ocasião dos festivais judaicos.
Inescrupuloso, provocou a ira dos judeus, certa oca­sião, ao trazer a Jerusalém, pendões com a figura do impe­rador romano. Os israelitas, não suportando tamanha ido­latria, começaram a gritar e a protestar, até que as ima­gens foram retiradas. Mostrando-se lerdo para aprender os costumes judaicos, de outra feita, confiscou dinheiro do templo para construir um aqueduto em Jerusalém. Os pro­testos gerados por esse arbítrio foram também violentos, contribuindo para desequilibrar sua administração.
Sua perversidade, contudo, escondia um caráter fraco e uma vontade débil. Ele estava mais interessado em agra­dar ao imperador, do que a lutar por princípios justos e ideais verdadeiros. Haja vista, por exemplo, quão ambíguo foi seu comportamento quando do julgamento de Jesus Cristo. Procurando adular seu soberano e os líderes judai­cos, consentiu, judicialmente, a morte do Salvador da hu­manidade.
Depois de muitas desventuras, Pilatos foi forçado a suicidar-se pelo imperador Gaio. No inferno, segundo uma lenda, está a lavar suas mãos continuamente, mas, não consegue livrar-se das manchas carmesins do sangue do Cordeiro de Deus.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA


Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...