Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

17 de março de 2017

Geografia Bíblica - Teologia 25.191 - A Glória do Templo de Jerusalém




Geografia Bíblica - Teologia 25.191

V - A GLÓRIA DO TEMPLO DE JERUSALÉM

O historiador judeu, Flávio Josefo, descreve a Casa do Senhor construída por Salomão:
"O templo tinha sessenta côvados de comprimento e outro tanto de altura; a largura era de vinte côvados. Sobre esse edifício construiu-se outro do mesmo tamanho e assim a altura total do templo era de cento e vinte côvados. Esta­va voltado para o Oriente e seu pórtico era da mesma altu­ra de cento e vinte côvados por vinte de comprimento e dez


As ruas de Jerusalém são bastante movimentadas

de largura. Havia em redor do templo trinta quartos em forma de galeria, que serviam de arcos para o sustentar. Passava-se de um para o outro e cada um tinha vinte e cin­co côvados de comprimento por outros tantos de largo e vinte de altura. Havia, por cima desses quartos, dois anda­res com igual número de quartos, todos semelhantes. As­sim, na altura de três andares juntamente, medindo ses­senta côvados chegava justamente à altura da parte baixa do edifício do templo de que acabamos de falar e nada mais havia por cima. Todos estes quartos eram cobertos de madeira de cedro e tinham sua cobertura à parte, em for­ma de pavilhão: mas estavam unidos por traves longas e grossas, a fim de torná-las mais firmes: e, assim, juntas, eram como um único corpo. Seus tetos eram de madeira de cedro bem polido, enriquecido de folhagem douradas, ta­lhadas na madeira. 0 resto era também adornado de ma­deira de cedro, tão bem trabalhada e tão reluzente de ouro que seu brilho ofuscava a vista. Toda a estrutura desse so­berbo edifício era de pedras tão polidas e tão bem ajusta­das que não se podia nem mesmo perceber-lhes as juntu-ras, mas parecia que a natureza as tinha feito um único bloco, sem que a arte nem os instrumentos de que se ser­vem excelentes artífices para embelezar suas obras, para isso tivessem contribuído. Salomão mandou fazer na lar­gura do muro do lado do Oriente, onde não haja nenhum portal grande, mas somente duas portas, um degrau em frente, de sua invenção, para se subir ao alto do templo. Havia dentro e fora dele, pranchas de cedro ligadas com grande e fortes cadeias, para garantir a sua estabilidade.
Prossegue Josefo:
"Salomão mandou também fazer dois querubins de ouro maciço, de cinco côvados de altura cada um; suas asas eram do mesmo comprimento e essas duas figuras es­tavam colocadas de tal modo no Santo dos Santos, que duas de suas asas estendidas se uniam e cobriam toda a Arca da Aliança e as duas outras asas tocavam, uma do lado norte e outra do lado sul, as paredes desse lugar parti­cularmente consagrado a Deus, que, como dissemos, tinha vinte côvados de largura. Mas, dificilmente se poderia di­zer, pois não se poderia nem mesmo imaginar qual a forma desses querubins. Todo o pavimento do templo estava co­berto de lâminas de ouro e as portas da grande entrada, que tinha vinte côvados de largura e altura proporcionada, estavam também cobertas de lâminas de ouro. Enfim, numa palavra, Salomão nada deixou, nem dentro nem fora do templo, que não fosse recoberto de ouro. Mandou colo­car, sobre a porta do lugar chamado o Santo do templo, um véu semelhante ao de que acabamos de falar, mas a porta do vestíbulo não o tinha."
Complementa Flávio Josefo:
"Eis com que suntuosidade e magnificência Salomão fez construir e ornar o templo e consagrou todas essas coi­sas à honra de Deus. Mandou fazer em seguida, em redor do templo, um muro de cem côvados de altura, chamado gison em hebraico, a fim de impedir a entrada aos leigos, sendo ela somente permitida aos levitas e sacrificadores. Salomão levou sete anos para realizar essas magníficas obras, o que não as tornou menos admiráveis, do que sua grandeza, sua riqueza e sua beleza; ninguém podia imagi­nar que seria coisa possível realizá-las e terminá-las em tão pouco tempo."

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA




Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...