Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

30 de junho de 2017

História Da Igreja - Teologia 30.70 - Manter a Tradição Apostólica é Lógico

História Da Igreja - Teologia 30.70
 
Manter a Tradição Apostólica é Lógico

I Coríntios 4:14‐17 revela que Paulo planejava enviar Timóteo a Corinto. Ele desejava que Timóteo lembrasse aos coríntios seu modo de vida, para que eles o pudessem imitar. Então ele escreve: “Rogo‐vos, portanto, que sejais meus imitadores. Por isso mesmo vos enviei Timóteo, que é meu filho amado, e fiel no Senhor; o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda parte eu ensino em cada igreja”.

Note a uniformidade de prática que está explícita em I Coríntios 4:17 (final). O modo de vida em Cristo, de Paulo, estava concordante (“como por toda parte
eu ensino”) com o que ele ensinava em “cada igreja”. Havia integração. É um axioma da Engenharia, que a forma segue a função. O modo de vida de Paulo (a forma) estava de acordo com o que ele dizia (função) em todo lugar, em todas as igrejas. Existia uma uniformidade de prática que nasceu dos ensinamentos
de Paulo. Sua crença determinou seu comportamento. Sua doutrina determinou seu trabalho. Similarmente, a crença dos apóstolos sobre a função da igreja afetava de modo natural a maneira como eles a organizavam (a forma das igrejas). Então, manter a tradição apostólica é lógico! Em resumo: todas as Igrejas organizadas por Paulo tinham Uniformidade e Integração.

Se alguém entendeu os propósitos da igreja, foram os apóstolos! Eles foram pessoalmente selecionados e pessoalmente treinados por Jesus, por um período
de três anos e meio. Além do mais, nosso Senhor despendeu quarenta dias com eles, após sua ressurreição. Finalmente, Jesus enviou o Espírito Santo para ensinar exclusivamente a eles “todas as coisas” e ainda “fará lembrar de tudo” o que Ele tinha dito (João 14:26). Sendo assim, tudo o que Jesus ensinou aos apóstolos sobre a Igreja resultou na maneira que eles usaram para estabelece‐las e organiza‐las.

Em Tito 1:5, Paulo escreveu a Tito: “Por esta causa, te deixei em Creta, para que pusesses em ordem as coisas restantes...”. É evidente em Tito 1:5 que os Apóstolos tinham uma maneira definida de como eles queriam que as coisas fossem feitas. E essa maneira não era deixar que cada igreja descobrisse sua própria forma de fazer as coisas. Havia obviamente uma certa forma de ordem, padrão ou tradição, que era seguida na organização das igrejas. Assim, em I Coríntios 11:34, Paulo escreveu: “E as demais coisas eu vos ordenarei quando for”.

O primeiro teólogo da igreja Batista do Sul que realmente escreveu algo foi J. L. Dagg. Membro fundador da Primeira Igreja Batista de Atlanta e professor de teologia da Universidade Mercer, em Macon, Geórgia, Dagg escreveu em 1858 que os apóstolos.

“Nos disseram, pelos exemplos, como organizar e dirigir igrejas. Nós não temos o direito de rejeitar suas instruções e ardilosamente insistir que nada, senão determinações diretas poderão nos ordenar algo. Ao invés de escolher andar de um modo concebido por nós mesmos, deveríamos ter prazer em caminhar
nos passos daqueles homens santos dos quais recebemos a palavra de vida... o respeito pelo Espírito pelo qual eles foram dirigidos deveria induzir‐nos a
preferir suas formas de organização e governo àquelas que nossa inferior sabedoria poderiam sugerir” (Manual of Church Order, pág. 84‐86).


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.



Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...