Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

30 de junho de 2017

História Da Igreja - Teologia 30.75 - Manter a Tradição Apostólica é Ordenado

História Da Igreja - Teologia 30.75
 
Manter a Tradição Apostólica é Ordenado

Em II Tessalonicenses 2:15, a igreja de Tessalônica foi instruída: “Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja
por palavra, seja por epístola nossa”. “Tradições” vem da mesma palavra grega, paradosis, usada anteriormente em I Coríntios 11:2. Os tessalonicenses foram especificamente orientados a seguir, a guardar, as tradições dos apóstolos, tivessem sido elas recebidas oralmente ou por escrito. Os apóstolos não
estão  mais  aqui  para  nos  dizer  pessoalmente,  de  viva  voz,  o  que  fazer.  Todavia,  nós  temos  suas  orientações  por  escrito.  Todo  o  contexto  de  II Tessalonicenses 2 se refere ao correto entendimento de eventos do fim dos tempos. Porque então não seria esse capítulo aplicável também à ordem nas igrejas?

Muitos crentes sentem que, enquanto que a tradição apostólica é interessante, segui‐la não é obrigatório. Porém, o que 2 Timóteo 3:10 e 14 e 2 Timóteo 2:2
indica sobre isso? A adesão à tradição é determinada ou apenas sugerida? Ela é claramente determinada. Nós temos que seguir aos apóstolos, não apenas
em seus ensinamentos e teologia, mas também em suas práticas.

Atitude similar é expressa em 2 Tessalonicenses 3:6‐7: “... que vos aparteis de todo irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de
nós recebestes, porque vós mesmos sabeis como deveis imitar‐nos...” O contexto específico aqui se refere a trabalho recompensador versus estar ocioso, reafirmando assim a veracidade do princípio subjacente. Os apóstolos, de um modo geral, desejaram que as igrejas seguissem, que mantivessem suas tradições.

Roger Williams, fundador do estado norte‐americano de Rhode Island e da Primeira Igreja Batista nas Américas (nos anos 1600), é outro exemplo de cristão
que acreditava que as igrejas deveriam seguir o mais perfeitamente possível as formas e determinações neotestamentárias (Liberty of Conscience, pág. 106).
Essa crença levou Williams a demitir‐se do pastorado profissional para fundar Rhode Island, de acordo com o padrão do Novo Testamento respeitante à separação entre a igreja e o estado.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.



Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...