Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

3 de novembro de 2017

História De Israel – Teologia 31.53 - Reis Dos Cananeus, Débora e Baraque (Livro 5 Cap 6)

História De Israel – Teologia 31.53


CAPÍTULO 6

JABIM, REI DOS CANANEUS, SUBJUGA OS ISRAELITAS. DÉBORA E BARAQUE
LIBERTAM-NOS.

202. juizes 4. Os males que caíram sobre os israelitas não os tornaram melhores, e eles voltaram à impiedade para com Deus e ao desprezo de suas leis. Assim, depois de libertos do jugo dos moabitas, foram vencidos e dominados por Jabim, rei dos cananeus. Ele tinha a sua corte na cidade de Hazor, situada sobre o lago de Samachom, e mantinha ordinariamente trezentos mil homens de infantaria, dez mil cavaleiros e três mil carros. Sísera, general do exército, desfrutava grande favor junto dele porque vencera os israelitas em vários combates, e o rei devia principalmente à liderança e ao valor desse homem o fato de tê-los como tributários.
Vinte anos passaram os israelitas em tão dura servidão que não houve mal que não tivessem sofrido. Deus o permitiu para castigar o orgulho e a ingratidão deles. Mas ao fim desse tempo eles reconheceram que o desprezo às santas leis era a causa de toda aquela infelicidade. Dirigiram-se a uma profetisa de nome Débora, que em hebreu significa "abelha", e pediram-lhe que dissesse a Deus para ter compaixão deles e de seus sofrimentos. Ela rogou-lhe em seu favor, e a sua oração foi ouvida. Ele prometeu libertá-los sob o comando de Baraque — "relâmpago", em nossa língua —, que era da tribo de Naftali.
Débora, depois desse oráculo, ordenou a Baraque que reunisse dez mil homens e atacasse os inimigos, sendo suficiente esse pequeno número, pois Deus prometia-lhes a vitória. Baraque respondeu-lhe que não podia aceitar o cargo se ela não tomasse, com ele, o comando do exército. Ela, porém, respondeu-lhe encolerizada: "Não tendes vergonha de ceder a uma mulher a honra que Deus se digna fazer-vos? Eu, porém, não recuso recebê-la". Reuniram assim dez mil homens e foram acampar no monte Tabor. Sísera, por ordem do rei seu senhor, marchou para combatê-los e acampou próximo deles.
Baraque e o resto dos israelitas, espantados com a multidão dos inimigos, intentaram retirar-se e afastar-se quanto possível. Mas Débora os deteve e ordenou-lhes que combatessem naquele mesmo dia sem temer aquele grande exército, porque a vitória dependia de Deus, e deviam confiar no seu auxílio. Travou-se o combate. Nesse momento, viu-se cair uma forte chuva com granizo. O vento impelia-a com tanta violência contra o rosto dos cananeus que os arqueiros e fundibulários não se podiam servir nem dos arcos nem das fundas, e os que estavam armados mais pesadamente tampouco podiam usar as suas espadas, tão enregelados estavam pelo frio. Os israelitas, ao contrário, tendo a tempestade pelas costas, não eram incomodados por ela e ainda sentiam redobrada a coragem, vendo nela um sinal visível do auxílio divino.
Assim, eles venceram e mataram um grande número de inimigos, restando apenas um pequeno número, que pereceu sob as patas dos cavalos e as rodas dos carros de seu próprio exército, o qual fugia em desordem. Sísera, vendo tudo perdido, desceu do carro e entrou na casa de uma mulher ciniana, de nome jael, rogando-lhe que o escondesse e pedindo-lhe de beber. Ela deu-lhe leite azedo, de que ele bebeu bastante, porque sentia muita sede. E|e adormeceu, e a mulher, vendo-o em tal estado, fincou-lhe com um martelo um grande prego na fronte. Os soldados de Baraque chegaram, e ela apontou-lhes o morto. Assim, segundo a predição de Débora, a honra dessa grande vitória coube a uma mulher. Baraque marchou em seguida para a cidade de Hazor e derrotou e matou o rei Jabim, que vinha com um exército ao seu encontro. Ele arrasou a cidade e governou o povo de Deus durante quarenta anos.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...