Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

28 de abril de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.11 - 2 Segundo século da Era cristã - REINADOS DE NERVA, TRAJANO E MARCO AURÉLIO

História Do Cristianismo - Teologia 32.11


2 Segundo século da Era cristã

REINADOS DE NERVA, TRAJANO E MARCO AURÉLIO

Havia apenas dezoito meses que Domiciano tinha mor­rido, quando a igreja, que ficara isenta de perseguição du­rante o curto reinado de Coccei Nerva, seu sucessor, come­çou novamente a sofrer. Nerva era um homem de caráter brando e generoso, e tratou bem os cristãos; e com uma benignidade digna de louvor restabeleceu todos que tinham sido expatriados pela perseguição de Domiciano. Porém, depois de um reinado de dezesseis meses, foi atacado por uma febre, da qual nunca se curou.
O seu sucessor, Trajano, deixou os cristãos tranqüilos por algum tempo, mas sendo levado a suspeitar deles, de­terminou que se renovasse a perseguição, e, sendo possível, que se exterminasse a nova religião, por meios decisivos e severos. Parecia ao seu espírito orgulhoso que o cristianis­mo era uma ofensa, um insulto para a natureza humana, e que o seu ensino era (como efetivamente o era) inteiramente oposto à filosofia dos seus tempos: uma filosofia que ele­vava os homens a deuses, e tornava a humildade e brandura dos cristãos efeminada e desprezível.
Mas Trajano não tinha a crueldade de Nero, nem de Domiciano; e podia-se notar nessa ocasião uma perplexi­dade e indecisão na sua conduta, que contrastava, de uma maneira notável, com a inflexibilidade de propósito que ordinariamente mostrava nos seus atos. Pela sua carta a Plínio, governador de Bitínia e Ponto, pode-se ver que ele não sentia prazer algum na tortura ou na execução dos seus súditos. Nessa carta diz ele claramente: "Não se deve andar a procura dessa gente" e acrescenta: "se alguém re­nunciar ao cristianismo, e mostrar a sua sinceridade supli­cando aos nossos deuses, alcançará o perdão pelo seu arre­pendimento". Em suma, era a religião, e não os seus adep­tos, que Trajano odiava,

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.



Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...