Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

17 de maio de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.50 - O PRIMEIRO CONCILIO ECUMÊNICO

História Do Cristianismo - Teologia 32.50



O PRIMEIRO CONCILIO ECUMÊNICO

A primeira destas Assembléias reuniu-se em Nicéia, na Bitínia, para o julgamento de um tal Ário, que tinha esta­do a ensinar que nosso Senhor fora criado por Deus como qualquer outro ser, sujeito ao pecado e ao erro, e que, por conseqüência, não seria eterno como o Pai. Foi a isso que Constantino chamou uma ninharia, quando o informaram da heresia; o concilio porém, com poucas exceções, deu-lhe o nome de horrível blasfêmia. Os bispos sentiram tanto a indignidade que Ário fizera pesar sobre o bendito Senhor, que tapavam os ouvidos enquanto ele explicava as suas doutrinas, e declararam que, quem expunha tais ensina­mentos, era digno de anátema. Como repressão às heresias crescentes foi escrito a célebre confissão de fé, conhecida como o Credo de Nicéia, no qual está clara e inteiramente anunciada a doutrina das Escrituras Sagradas com refe­rência à divindade do Senhor. Ário e seus adeptos recebe­ram ao mesmo tempo sentença de desterro, e possuir ou fa­zer circular os seus escritos era considerado como grande ofensa.
A conduta posterior do soberano mostrou que o seu modo de proceder naquela ocasião não obedecia a nenhu­ma convicção profunda nem determinada. A pedido de sua irmã Constância, cujas simpatias pelo partido ariano eram bastante fortes, ordenou que o heresiarca voltasse do exí­lio, e revogou a interdição dos seus escritos. Ário foi, por­tanto, plenamente restituído ao favor do imperador, e tra­tado na corte com todas as distinções.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...