Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

27 de junho de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.131 - PEDRO, O ERMITAO, PREGANDO A CRUZADA


História Do Cristianismo - Teologia 32.131

PEDRO, O ERMITAO, PREGANDO A CRUZADA

Em vista disto prestou toda a atenção às queixas de um dos principais instigadores da nova agitação, um tal Pe­dro, ermitão de Amiens, e animou-o muito a pregar uma cruzada. Este homem notável tinha visitado Jerusalém no ano 1093. E viu com indignação a maneira como os seus companheiros de peregrinação eram tratados pelos turcos que estavam de posse da cidade, e nessa ocasião fez um voto solene de levantar as nações da Europa contra os in­fiéis - voto que se propunha agora a cumprir. Montado numa mula, vestido com um hábito muito comprido, aper­tado na cintura com um cinto de cânhamo, foi de cidade em cidade incitando o povo a armar-se em defesa do santo sepulcro. Os seus apelos calorosos causaram ora medo, ora indignação aos seus ouvintes, e produziram rapidamente o efeito desejado.
"Por que se há de permitir aos infiéis", exclama ele, "que conservem por mais tempo a guarda de territórios cristãos, tais como o monte das Oliveiras e o jardim de Getsêmani? Por que hão de os adeptos de Maomé, os filhos da perdição, manchar com seus pés hostis a terra sagrada que foi testemunha de tantos milagres, e que ainda hoje, fornece tantas relíquias com manifesto poder sobre-humano? Estão ali prontos para ser ajuntados e guardados pelo fiel sacerdote que fosse à testa da expedição, ossos de mártires, vestimentas de santos, pregos da cruz, e espinhos da coroa. Que o chão de Sião seja purificado pelo sangue dos infiéis massacrados".
Tal era o caráter da pregação do monge; e quando tinha conseguido levar o povo a um certo grau de delírio, e viu que todos estavam prontos a receber quaisquer ordens que se lhes dessem, o próprio Urbano veio confirmar com pala­vras de aprovação a pregação de Pedro: fez o seu discurso no mercado, e foi freqüentemente interrompido pelo grito de "Deus assim o quer!", "Deus assim o quer!", pois teve o cuidado de apelar para as paixões do povo, e não deixou de oferecer a absolvição dos mais negros pecados a todos que se juntassem ao exército santo.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.



Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...