Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

19 de agosto de 2013

Crucifinquem-no

Crucifinquem-no
Então, Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos, dizendo: Pequei, traindo sangue inocente. Eles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é contigo. E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi-se enforcar (Mateus 27:3-5).
E, respondendo o governador, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás. Disse-lhes Pilatos: Que farei, então, de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Cruficiquem-no! O governador, porém, disse: Mas que mal fez ele? (Mateus 27:21-22).

Vendo-o, pois, os principais dos sacerdotes e os servos, gritaram, dizendo: Crucifica-o! Crucifica-o! Disse-lhes Pilatos: Tomai-o vós e crucificai-o, porque eu nenhum crime acho nele (João 19:6).

"Tu quoque, Brute, fili mi?" - "Até tu, Brutus, meu filho"? - (Júlio César, ao receber a punhalada que o mataria daí a instantes).

Os sacerdotes do tempo de Jesus tinham verdadeiro ódio ao Salvador.
Certa vez, referindo-se a sua própria morte e ressurreição, Ele disse que "o templo de Jerusalém seria derrubado e em três dias estaria reerguido", coisa que os religiosos levaram ao pé da letra.
Qual é a certeza que se tem, que as pessoas têm, que os parlamentares têm de que as acusações feitas a Dirceu são verdadeiras.
Não há provas. Só acusações vazias.
Quem assiste programas jornalísticos e reportagens através da mídia, quer seja escrita, falada ou televisionada, constantemente depara com coisas assim:
"O Presidente continua dizendo que seu ex-ministro é inocente. A julgar pelo que disse Lula, se Dirceu realmente for inocente, quem então dialogou com Delúbio, etc., etc., etc.?".
O que significa que nem a mídia – que acusou e até difamou – sabe responder. Está em dúvida daquilo que ela própria proclamou alto e bom som. Daí o tom interrogativo do que dizem. Ora, frases como: "... se Dirceu for realmente inocente...", em se falando da mídia, é algo inconcebível. Logo eles que falam com tanta convicção!
Que país é este? E ninguém é punido por faltar com a verdade? Por colocar pessoas importantes em situação de dificuldade perante os órgãos oficiais e perante a opinião pública?
Note-se que o próprio Roberto Jefferson desdisse, desmentiu, e quis até evitar que José Dirceu se assentasse na "cadeira dos réus" da Câmara Federal.
- "Ah!" – disseram para Jefferson – "agora não pode mais, já decorreu o tempo para isso. Agora é aguardar a decisão dos parlamentares".
Pena que muitas das ações, dos processos que os acusados dizem que vão mover para provar as mentiras não saem das gavetas, só ficam no pensamento. Por isso os acusadores – todos, inclusive os órgãos da mídia – não estão "nem aí" para as ameaças do Presidente, dos correligionários, dos próprios acusados, pois sabem que praticamente nenhum processo será instaurado ou, caso o seja, não chegará ao fim.
E ficam a "assistir de camarote" o fracasso dos adversários, dos inimigos políticos.
Oremos pelo nossos  governantes,pelo nosso País,nossas famílias,clamemos ao nosso Pai Celeste para que ouça nossa súplica,SEMPRE em nome de seu filho Amado Jesus.Amém
Althor:Desconhecido/Email04/2007

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario