Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

12 de maio de 2018

História De Israel – Teologia 31.153 (Livro 13 Cap 4) O REI DEMÉTRIO PROCURA ALIANÇA COM JÔNATAS, QUE SE SERVE DESSA OCASIÃO PARA REPARAR AS FORTIFICAÇÕES DE JERUSALÉM.

História De Israel – Teologia 31.153

 
CAPÍTULO 4

O REI DEMÉTRIO PROCURA ALIANÇA COM JÔNATAS, QUE SE SERVE DESSA OCASIÃO PARA REPARAR AS FORTIFICAÇÕES DE JERUSALÉM.

501. 1 Macabeus 10. O príncipe enviou, ao mesmo tempo, embaixadores a Jônatas para convidá-lo a se unir com ele num pacto de amizade e de aliança, pois desejava antepor-se a Alexandre, não duvidando de que este se propunha também obter o auxílio de Jônatas, e julgou poder consegui-lo tanto mais facilmente quanto não desconhecia o ódio que havia entre eles. Mandava-o ainda reunir tropas, quantas pudesse, para ajudá-lo naquela guerra e permitia-lhe retomar os reféns judeus que Bacida havia deixado na fortaleza de Jerusalém.
Jônatas, logo que recebeu as cartas, foi a Jerusalém e leu-as na presença de todo o povo e da guarnição da fortaleza. Os judeus ímpios e fugitivos que lá se haviam refugiado ficaram muito surpreendidos, porque o rei permitia a Jônatas reunir soldados e retirar os reféns. Depois que estes lhe foram entregues, ele os enviou todos aos seus respectivos parentes e serviu-se da ocasião para fazer grandes restaurações em Jerusalém. Estabeleceu aí a sua moradia, sem que houvesse oposição, e mandou reconstruir as muralhas, com grandes pedras quadradas, para que pudessem resistir aos ataques dos inimigos. Quando as guarnições dispersas pelas cidades fortificadas da Judéia o viram agir desse modo, abandonaram o seu posto e se retiraram para Antioquia, exceto os de Bete-Zur e os da fortaleza de Jerusalém, porque eram guarnições compostas principalmente de judeus desertores e sem religião.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario