Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

9 de maio de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.33 - OS EDITOS DO IMPERADOR DÉCIO

História Do Cristianismo - Teologia 32.33


OS EDITOS DO IMPERADOR DÉCIO

O imperador mandou publicar editos após editos indi­cando aos cristãos certos dias para comparecerem perante os magistrados, e aqueles que recusavam renunciar à sua religião eram lançados em prisões e sujeitos às mais horro­rosas torturas para os obrigar a abandonar a nova fé. Al­guns cediam, e outros, entre os quais o infatigável Oríge­nes, foram fiéis até o fim. Muitos desterravam-se volunta­riamente, e no seu desterro continuavam a fazer as suas reuniões em bosques e em cavernas, sentindo-se muito mais seguros e felizes na companhia dos animais ferozes do que na sociedade de homens tão brutais como os seus per­seguidores. Ainda assim nem sempre conseguiram desta maneira estar em segurança. Sabemos de sete soldados ro­manos que morreram à fome numa caverna em que se ti­nham refugiado; pois o imperador ordenara que a entrada fosse fechada.
Mas, nem todos eram tão fracos, e a intrepidez de al­guns deles durante o interrogatório foi um contraste notá­vel com a timidez dos que já falamos. "Admiro-me", disse um deles a quem ordenavam que oferecesse sacrifício a Vênus, "que me mandeis prestar culto a uma mulher infame cujos deboches até os vossos próprios historiadores recor­dam, e cuja vida foi toda de atos que as vossas próprias leis haviam de punir". A censura era justa, mas a verdade dita por aquela forma poucas vezes se suporta, e o orador foi condenado, pela sua ousadia, ao suplício da roda e a ser decapitado. Também uma mulher que um homem obrigou a oferecer incenso, agarrando-lhe a mão para este fim, ex­clamou: "Não fui eu que fiz isto, mas sim o senhor", e por isto foi condenada ao exílio.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario