Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

5 de junho de 2018

História De Israel – Teologia 31.202 (Livro 15 Cap 1) Livro Décimo Quinto - ANTÔNIO MANDA CORTAR A CABEÇA DE ANTÍGONO, REI DOS JUDEUS.

História De Israel – Teologia 31.202


Livro Décimo Quinto

CAPÍTULO 1

ANTÔNIO MANDA CORTAR A CABEÇA DE ANTÍGONO, REI DOS JUDEUS.

628. Vimos no livro precedente a tomada de Jerusalém por Sósio e Herodes e o aprisionamento de Antígono. Vou agora falar de suas conseqüências. Quando Herodes se viu senhor da Judéia, demonstrou muita gratidão para com aqueles que lhe dedicaram afeto enquanto ele era apenas um homem da vida privada. Mas não se passava um dia em que não matasse algum dos que haviam seguido o partido de Antígono. Poliom, fariseu, e Saméias, discípulo deste, foram os únicos aos quais tratou com consideração, para recompensá-los, porque durante o cerco eles haviam aconselhado o povo a recebê-lo. Poliom era aquele que durante o julgamento de Herodes, quando os juizes o queriam condenar, predissera a Hircano e aos outros juizes que, se o absolvessem, ele os mataria a todos, o que Deus confirmou em seguida.*

_____________________
* Foi dito, no artigo 595, que Saméias fez tal predição.

629. Herodes mandou levar para o palácio real tudo o que encontrou de móveis preciosos, mais o ouro e a prata que tomou dos ricos, e reuniu assim uma grande soma de que fez presente a Antônio e aos que este mais estimava. Mandou matar quarenta e cinco dos principais seguidores de Antígono e colocou guardas às portas para ver, quando trouxessem os corpos, se estavam mortos de verdade. Ordenou também que lhe trouxessem tudo o que se encontrasse de ouro e de prata. Os que haviam seguido o partido de Antígono não viam o termo de seus males. Os bens todos que possuíam eram insuficientes para satisfazer a ambição de Herodes ou para contentar a sua insaciável avareza, pois as suas finanças estavam então esgotadas. Havia ainda motivos para se temer uma carestia, porque as terras estavam em descanso, sendo aquele o sétimo ano, no qual não nos é permitido cultivar nem semear a terra.
Antônio queria conservar Antígono como ornamento ao seu triunfo. Porém, vendo que os judeus o favoreciam e estavam prestes a se revoltar por causa do ódio que sentiam contra Herodes, julgou que o único meio de conservá-los no cumprimento do dever era matando-o. Assim, mandou cortar-lhe a cabeça em Antioquia. Estrabão da Capadócia relata esse fato da seguinte maneira: "Antônio, em Antioquia, mandou cortar a cabeça a Antígono, rei dos judeus, e foi o primeiro dos romanos que desse modo fez morrer um rei, porque julgou que não havia outro meio de fazer com que os judeus obedecessem a Herodes, que havia sido feito rei em seu lugar, pois estavam tão enraivecidos contra ele e tão afeiçoados a Antígono que nem mesmo a violência dos tormentos poderia obrigá-los a dar a Herodes o nome de rei. Foi isso o que levou Antônio a se servir de um suplício tão vergonhoso para um soberano, a fim de obscurecer a memória de um e moderar a aversão que se tinha pelo outro".
630. Já vimos como Barzafarnés e Pacoro, generais do exército dos partos, retive-ram presos Hircano, sumo sacerdote, e Fazael, irmão de Herodes, que se suicidou para evitar a vergonha da escravidão. Devemos dizer agora de que modo Hircano foi posto em liberdade e como veio procurar Herodes depois que este foi feito rei.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario