Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

20 de junho de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.118 - A RAINHA MARGARIDA, E BERENGER


História Do Cristianismo - Teologia 32.118

A RAINHA MARGARIDA, E BERENGER

Até mesmo os exemplos pessoais de piedade são raros, e além da rainha Margarida da Escócia, e de Berenger, não ouvimos de muitos cristãos notáveis cuja sabedoria fosse acompanhada de qualquer prova evidente de piedade. O próprio cristianismo de Margarida tinha muito de romano, e quem lê a sua história fica perplexo a seu respeito. A mo­notonia de sua vida religiosa faz-nos sentir mais dó do que satisfação, e não podemos deixar de notar que havia muita ostentação nos seus atos de benevolência, e muito aparato na sua humildade. Em todo o caso, era uma verdadeira cristã, e não podemos deixar de ser gratos por qualquer raio de luz, por fraco que fosse, que brilhasse naquela épo­ca tenebrosa.
Berenger é digno de menção por ter feito reviver a con­trovérsia sobre a presença do corpo e sangue de Cristo na eucaristia. Era arcediago de Angers, e ensinou com zelo que o pão e o vinho eram simplesmente emblemas da mor­te do Senhor, e não eram convertidos no corpo e sangue de Cristo, como se dizia. Por isso foi intimado a comparecer em Roma, onde a força de ser ameaçado com a tortura e a morte, foi obrigado a assinar uma retratação, mas depois de muita tristeza de coração pela sua infidelidade voltou às suas primeiras opiniões, e morreu em sossego no ano de 1088.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.




Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario