Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

30 de setembro de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.167 - ASTÚCIA E FALSIDADE DO PAPA

História Do Cristianismo - Teologia 32.167


ASTÚCIA E FALSIDADE DO PAPA

Os que observaram com algum cuidado os movimentos do papa, começaram a perceber a sua astúcia, e a des­cobrir a falsidade do seu zelo em libertar a Terra Santa. As suas dignidades pessoais estavam acima da honra que era devida ao nome e ao lugar do nascimento de Cristo, e por isso, logo que recebeu notícias da chegada de Frederico, enviou alguns dos seus frades com instruções para o pa­triarca de Jerusalém e as ordens militares, para que não prestassem auxílio algum ao imperador, esperando deste modo que ele fosse vencido pelo inimigo, quer morrendo no campo de batalha, quer ficando preso em alguma das masmorras dos sarracenos. Foi mesmo conivente de uma cons­piração para surpreender Frederico quando ele fosse tomar banho no rio Jordão; mas os templários a quem tinha con­fiado esta conspiração não foram bem sucedidos, e por isso ainda desta vez o malévolo velho ficou logrado.
Mas ainda não tinha terminado aqui os seus projetos. Sendo incapaz de ferir o imperador pessoalmente reuniu um grande exército, e, depois de pronunciar uma quarta excomunhão contra ele e de desligar os seus súditos da obediência, invadiu os seus territórios. Frederico concluiu imediatamente um tratado com os sarracenos, muito hon­roso, apesar de ser feito com precipitação, e voltou à Euro­pa o mais depressa que pôde. A notícia do seu progresso es­palhou o desânimo no exército invasor, e em pouco tempo o papa sofreu também o desgosto de um novo desaponta­mento. Aliviou, contudo, o seu espírito atribulado, lançan­do uma nova excomunhão sobre o imperador, servindo-lhe de pretexto para isso o fato de ele ter abandonado as cruza­das. Foi esta a quinta vez que o papa excomungou o impe­rador no espaço de poucos anos, e Frederico devia ter fica­do deveras perplexo se tivesse prestado atenção a estas ex­comunhões! Foi excomungado por não ter partido para a Terra Santa; foi excomungado por ter partido para a Terra Santa; foi excomungado na Terra Santa, e, finalmente, foi excomungado por ter voltado dali, apesar de ter feito um tratado de paz muito vantajoso com os maometanos.
Mas Frederico teve bastante juízo para não fazer caso de tais excomunhões, e riu-se da cólera do pontífice. Mais tarde foi feita uma trégua entre ambos, mas não durou muito, porque Gregório não podia deixar o seu rival em paz. Ainda arrastou uma existência miserável durante mais alguns anos, até que por fim, com noventa e nove anos de idade, morreu de prostração provocada por um ex­cesso de cólera.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...