Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

11 de outubro de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.218 - TRADUÇÃO DA BÍBLIA

História Do Cristianismo - Teologia 32.218



TRADUÇÃO DA BÍBLIA

Em seguida a isto continuou com a tradução da Bíblia, sendo muito auxiliado na árdua tarefa pelas revisões críti­cas de Melanchton. Poucos meses depois o Novo Testa­mento estava pronto, e em setembro de 1522 publicado. Foi recebido pelos seus compatriotas com muito entusias­mo, e teve de publicar uma segunda edição no espaço de dois meses, e em dez anos nada menos de cinqüenta e três edições se tinham publicado só na Alemanha! Então foi adicionado também o Velho Testamento. O povo alemão tinha agora uma Bíblia completa na sua própria língua, e isto contribuiu mais para a consolidação e propagação das doutrinas reformadas do que todos os escritos de Lutero juntos.
A Reforma estava agora assentada na sua verdadeira base - a Palavra de Deus. Até aqui falara Lutero. Agora é o próprio Deus que fala ao coração e à consciência dos homens. A sua Palavra era agora acessível a todos, e a Roma papal tinha recebido um choque do qual nunca se poderia restabelecer completamente. Pouco depois foi dirigido ao papa, por um concilio de bispos católico-romanos, um me­morial sobre o assunto: "O melhor conselho", disseram eles, "que podemos dar à sua santidade é que devemos em­pregar todos os esforços para se evitar a leitura do Evange­lho em língua vulgar... O Novo Testamento é um livro que tem dado mais ocasião a maiores distúrbios, e estes distúr­bios têm quase arruinado a nossa igreja. Na verdade, se prestarmos séria atenção às Escrituras e as compararmos com o que geralmente se encontra nas nossas igrejas, ver-se-á uma grande diferença entre umas e outras; e que a doutrina do reformador é inteiramente diferente da nossa e em muitos respeitos diametralmente oposta a ela". Era as­sim que Roma se julgava a si própria; e que o poder da Pa­lavra era reconhecido por aqueles que praticamente nega­vam a sua autoridade.



Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario