Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

9 de janeiro de 2022

História De Israel – Teologia 31.338 (2º Parte Livro 2) CAPÍTULO 35 CRUELDADE CONTRA OS JUDEUS EM DIVERSAS OUTRAS CIDADES, PARTICULARMENTE EXERCIDA POR VARO.

História De Israel – Teologia 31.338

(2º Parte Livro 2)

 

CAPÍTULO 35

CRUELDADE CONTRA OS JUDEUS EM DIVERSAS OUTRAS CIDADES, PARTICULARMENTE EXERCIDA POR VARO.

 

213. Depois dessa carnificina em Citópolis, os habitantes das outras cidades revoltaram-se também contra os judeus, que moravam entre eles. Os de Ascalom mataram dois mil e quinhentos e os de Ptolemaida, dois mil. Os de Tiro massacraram também a muitos, e meteram na prisão um número ainda maior. Os de Hipom e de Gadara expulsaram de sua cidade os mais atrevidos e vigiavam atentamente os que eles julgavam ainda suspeitos. Quanto às outras cidades da Síria, agiram para com os judeus, segundo seu ódio ou temor os impelia. Os de Antioquia, de Sidom e de Apaméia foram os únicos que os pouparam: não mataram a nenhum nem os puseram na prisão, quer porque nada temiam de seu número exíguo, ou melhor, segundo minha opinião, por compaixão que deles tiveram, não vendo probabilidade de revolta. Os de Gerasa, do mesmo modo, não fizeram mal algum aos judeus, que quiseram ficar com eles, e levaram até a fronteira os que desejavam se retirar.

214.  O reino de Agripa não ficou também isento de semelhante perseguição. Esse príncipe foi procurar Céstio Galo, em Cesaréia, e deixou para governar o seu território, em sua ausência, um de seus amigos de nome Varo, que era parente do rei Soheme. A província de Bataneia mandou-lhe os mais ilustres e os mais importantes do país, por posição ou mérito, para lhe pedir tropas, a fim de reprimir os que se tentavam sublevar. Mas, em vez de se dispor a bem recebê-los, mandou, de noite, alguns soldados, que os mataram a todos; depois de ter, contra a vontade do rei Agripa, tão cruelmente derramado o sangue de seus irmãos, entregou-se a toda sorte de violências, às quais a ambição que o havia levado a cometer tão grande crime, o impelia em todo o reino. Quando o rei Agripa soube disso, tirou-lhe o governo, mas, por ser parente do rei Soheme, não pôde mandar matá-lo.

 

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento

Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura

Custo:O Leitor não paga Nada, 

Você APENAS DIVULGA

E COMPARTILHA

.

 

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario