Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

29 de agosto de 2013

51.01 - ESTUDO BIBLICO - Teologia do Novo Testamento - Introdução

51.01 - ESTUDO BIBLICO - Teologia do Novo Testamento

Matéria: TEOLOGIA DO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO


O Novo Testamento forma a Parte II da Bíblia. E ele uma coleção de vinte e sete livros, mas tem somente um terço do volume da Parte 1, o Antigo Testamento. Antigo Testamento                  cobre  um  período  de  milhares  de  anos  de                  história,     mas       o    Novo Testamento menos de um século.


"Novo Testamento" quer dizer, de fato, "Novo Pacto" em contraste com a antiga aliança. O vocábulo "testamento" transmitenos a idéia de uma última vontade, e passa a ter efeito na eventualidade da morte do testador. Assim é que o novo pacto entrou em vigor em face da morte de Jesus (Hebreus 9:1517).


Escrita originalmente em grego, entre 45‐95 D.C.. Os livros do Novo Testamento

não  estão  arranjados  na  ordem  cronológica  em  que  foram  escritos.  As  primeiras epístolas de Paulo foram os primeiros livros do Novo Testamento a ser escritos, e não
os evangelhos.

E mesmo o arranjo das epístolas paulinas não segue a sua ordem cronológica, porquanto  Gálatas  (ou  talvez  1  Tessalonicenses)  foi  a  epístola  escrita  bem  antes daquela dirigida aos Romanos, a qual figura em primeiro lugar em nossas Bíblias pelo
fato de ser a mais longa das epístolas de Paulo; e entre os evangelhos, o de Marcos,

não o de Mateus, parece ter sido aquele que primeiro foi escrito.


A ordem em que esses livros aparecem, por conseqüência, é uma ordem lógica.

Os evangelhos estão postos em primeiro lugar porque descrevem os eventos cruciais

de Jesus. Entre os evangelhos, o de Mateus vem apropriadamente antes de todos devido à sua extensão e ao seu intimo relacionamento com o Antigo Testamento, que
o precede imediatamente. No livro de Atos dos Apóstolos, uma envolvente narrativa

do bem sucedido surgimento e expansão da Igreja na Palestina e daí por toda a Síria,

Ásia Menor, Macedônia, Grécia e até lugares distantes como Roma, na Itália.


O livro de Atos é a segunda divisão de uma obra em dois volumes, LucasAtos.) Bastamnos essas idéias quanto aos livros históricos do Novo Testamento.

As  epístolas   e,  finalmente,  o  livro  de  Apocalipse,           explanam  a   significação teológica da história da redenção, além de extraírem dai certas implicações éticas. Entre as epístolas, as de Paulo ocupam o primeiro lugar e entre elas, a ordem em que foram arranjadas segue primariamente a idéia da extensão decrescente, levandose
em conta a grande exceção formada pelas Epístolas Pastorais (I e II Timóteo e Tito), as quais antecedem a Filemom, a mais breve das epístolas paulinas que chegaram até
nós.

A  mais   longa  das  epístolas   não‐paulinas,   aos  Hebreus          (cujo  autor  nos  é desconhecido), aparece em seguida, depois da  qual m as epístolas Católicas ou Gerais, escritas por Tiago, Pedro, Judas e João.


E por fim, temos o livro que lança os olhos para o futuro retorno de Cristo, o

Apocalipse, livro esse que leva o Novo Testamento a um mui apropriado climax.

O Novo testamento é o livro mais vital o mundo. Seu tema supremo é o Senhor Jesus  Cristo.  Seu  objetivo  supremo  é  a  Salvação  dos  seres  humanos.  Seu  projeto supremo é o reinado final do Senhor Jesus num império sem limites e eterno.


Dentro  do  estudo  do  Novo  testamento  estaremos   observando           as   principais


Doutrinas e Teologia.

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...