Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

13 de dezembro de 2014

Escatologia - Teologia 17.61 - O Pré-Tribulacionismo E A História

Escatologia - Teologia 17.61



6.1- O PRÉ-TRIBULACIONISMO E A HISTÓRIA


Os pós-tribulacionistas usam o argumento de que o pré-tribulacionismo é uma doutrina nova e estranha para a igreja primitiva como também para a   igreja no decorrer de toda a história. O fato é que isso não pode ser dito sem uma averiguação em documentos da igreja primitiva como também no contexto   bíblico. O pré-tribulacionista repousa em argumentos sadios e coerentes com a interpretação correta das Escrituras, e também está baseado na chamada   “doutrina da iminência”, ou seja, a palavra de Deus sempre nos exorta a estarmos vigilantes pelo fato de não sabermos a que horas, dia, ano ou século Jesus   virá  “Vigiai,  pois,  porque  não  sabeis  a  que  hora   de  vir  o  vosso  Senhor”.(Mt  24:42),  e  isto  demonstra  que  sua  vinda  é  algo  inesperado.  Veja  o  que  diz   Clemente, bispo de Roma (séc I) aos Coríntios:

Que nunca se aplique a nós a passagem da Escritura que diz: "Infelizes os que hesitam no coração e desconfiam na alma; aqueles que dizem: 'Tais   promessas já escutamos na época de nossos pais e eis que envelhecemos e nada disso aconteceu”.


4Ó insensatos, comparai-vos à uma árvore; reparai na videira que, primeiro perde as folhas e então brota, a seguir vêm a folha, então a flor e, depois   disso, a uva verde é seguida da uva madura". Considerai como, em pouco tempo, o fruto da árvore se torna maduro. 5É bem assim que a vontade de   Deus se cumpre, em ritmo veloz e inesperado, como a própria Escritura nos atesta: "Virá logo e não tardará. Subitamente o Senhor entrará no seu   santuário, o Santo a quem esperais". Malaquias 3:1

Podemos perceber que desde a igreja primitiva, se esperava uma vinda a qualquer momento, o que é contrário ao pós-tribulacionismo já que, segundo   eles, o arrebatamento vem após a grande tribulação; sendo assim, saberemos exatamente quando este ocorrerá. Desta forma todo o processo de espera dos   crentes é alterado, pois terão como identificar claramente não só a proximidade, mas também o exato momento,  descartando as advertências referentes a   vigilância  contidas  em  todo  o  novo  testamento.  Isto  demonstra  que  a  igreja  desde  os  primórdios  era  pré-tribulacionista,  ou  seja,  esperava  que  o   arrebatamento fosse antes da grande tribulação, pois acreditava que não passaria por ela.

Quanto a dizerem que é uma doutrina nova, é uma grande irresponsabilidade, pois o fato de não ser bem explicada por todo decorrer da história da   igreja não quer dizer que não esteja correta, também é exigirmos demais que desde aqueles tempos já tivesse este nome, que, aliás, tornou-se necessário   para  identificar  a  “teoria”  diante  das  outras.  Se  seguirmos  este  raciocínio,  a  doutrina  da  salvação  só  tem  quinhentos  anos,  pois  esta  foi  discutida  e   definitivamente estabelecida no período da reforma, a verdade é que algo não pode ser considerado novo por apenas não ter sido detalhado no passado.  


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA


Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...