Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

8 de janeiro de 2015

Escatologia - Teologia 17.87 - O Dia Do Senhor - A Doutrina da Grande Tribulação

Escatologia - Teologia 17.87

 9.2-  O DIA DO SENHOR

A  doutrina  da  grande  tribulação  tem  sido  discutida  em  vários  ramos  da  escatologia  bíblica,  seja  por  milenistas  ou  amilenistas.  Nas  Escrituras   encontramos não poucas passagens falando de um período de tempo em que Deus traria juízo sobre Israel e os gentios; este período é chamado de grande   tribulação.


Para entendermos melhor este ensino é necessário identificar este período não só no Novo Testamento, mas também, e principalmente, no Velho

Testamento, já que um dos propósitos é trazer os judeus a uma conversão definitiva.  


São fartas a passagens que mencionam o dia do Senhor como também outros nomes dados ao mesmo acontecimento, onde a principal idéia é de juízo   contra o Israel impenitente. Vejamos alguns nomes dados à grande tribulação no Velho Testamento:


Isaías 13:9 Eis que o dia do SENHOR vem, horrendo, com furor e ira ardente, para pôr a terra em assolação e destruir os pecadores dela.


Ezequiel 13:5 Não subistes às brechas, nem reparastes a fenda da casa de Israel, para estardes na peleja no dia do SENHOR.


Joel 2:1 Tocai a buzina em Sião e clamai em alta voz no monte da minha santidade; perturbem-se todos os moradores da terra, porque o dia do

SENHOR vem, ele está perto.


Isaías 10:3 Mas que fareis vós outros no dia da visitação e da assolação que há de vir de longe? A quem recorrereis para obter socorro e onde   deixareis a vossa glória,(...)?


Jeremias 46:10 Porque este dia é o dia do Senhor JEOVÁ dos Exércitos, dia de vingança para se vingar dos seus adversários; e a espada devorará,   e fartar-se-á, e embriagar-se-á com o sangue deles; porque o Senhor JEOVÁ dos Exércitos tem um sacrifício na terra do Norte, junto ao rio Eufrates.



Isaías 13:13 Pelo que farei estremecer os céus; e a terra se moverá do seu lugar, por causa do furor do SENHOR dos Exércitos e por causa do dia   da sua ardente ira.


Isaías 17:11 No dia em que as plantares, as cercarás e, pela manhã, farás que a tua semente brote; mas a colheita voará no dia da tribulação e das   dores insofríveis.


Ezequiel 7:7 vem a tua sentença, ó habitante da terra. Vem o tempo; chegado é o dia da turbação, e não da alegria, sobre os montes.


O dia do Senhor não se trata literalmente do espaço de vinte e quatro horas, mas sim de um período, como em Gn 2:4; Is 22:5 e Hb 3:8. Este período   será entre as vindas de Jesus, ou seja, o arrebatamento e seu retorno em glória.


“Dia” no hebraico, yôm, significa: luz do dia, dia, tempo momento, ano. Como vemos seu significado é abrangente, pode significar “luz do dia” como   em Gn 8:22: “Enquanto durar a terra, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite.”; período de vinte quatro horas como   em Gn 39:10: “Falando ela a José todos os dias, e não lhe dando ele ouvidos, para se deitar com ela e estar com ela,”; em Gn 2:17 yôm refere-se a um   momento: “mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”; sua forma plural,   yãmîm, aparece em Ex13:10, significando ano: “Portanto, guardarás esta ordenança no determinado tempo, de ano em ano.” Finalmente yôm com referencia
a espaço de tempo, encontramos em Gn 2:3 “E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que, como Criador, fizera.” É   acordo  entre  a  maioria  dos  teólogos  que  este  sétimo  dia  não  trata  de  um  dia  literal,  mas  de  um  período  que  vai  desde  a  criação  até  a  vinda  de  Cristo.   (Adaptação do dic.Vine).


No novo Testamento também temos referências ao “dia do Senhor”


 1 Ts 5:2 Pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite.


 2 Ts 2:2 A que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como   se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor.


 2 Pedro 3:10 Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão   abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas.


Não devemos confundir com o “dia de Cristo”, como está expresso em Filipenses 1:6; 1:10; 2:16, com o dia do Senhor, este dia refere-se não ao tempo   de juízo, e nunca está ligado a isso, mas sim, a recompensa que os crentes em Jesus receberão, e isto é claramente declarado por Paulo em Filipenses 2:16,   onde lemos: “preservando a palavra da vida, para que, no Dia de Cristo, eu me glorie de que não corri em vão, nem me esforcei inutilmente”.


Tanto o Velho como o Novo Testamento apresenta o dia do Senhor como tempo de juízo, dia cruel, com ira e ardente furor (Is 13:9); dia da vingança (Is   34:8); dia nublado (Ez 30:3) grande é o Dia (...) e mui terrível! (Jl 2:11); dia de trevas e não de luz (Am 5:18); dia da ira (Sf 2:2). No Novo testamento as   referencias  ao  dia  do  Senhor  têm  uma  ligação  mais  próxima  ao  advento  de  Cristo,  ou  seja,  os  escritores  neotestamentários  usavam  este  termo  como   referencia à volta de Jesus e não diretamente à grande tribulação, ainda que um estivesse ligado ao outro.


A  certeza  deste  “dia”  ser  de  juízo  derruba  de  uma  vez  por  todos  os  argumentos  pós-tribulacionistas,  que  acreditam  que  a  igreja  passará  por  este   período, como também os amilenistas que não aceitam a existência do “dia do Senhor” como um período de extrema tribulação sobre os judeus e gentios.   Este período é real e futuro.


 A  conclusão  em  que  chegamos  é  que  a  grande  tribulação  será  um  período  de  juízo  e  sofrimento  nunca  experimentado  pela  humanidade.  Numa   passagem de dupla referencia em Mateus, Jesus nos revela a severidade deste tempo “porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio   do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais” (Mt 24:21).


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA


Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...