Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

15 de janeiro de 2015

Crônicas - Tinta Colorida

Tinta Colorida


Com o passar do tempo e com o avanço da maturidade, desenvolvemos uma imensa capacidade de observar o mundo e as pessoas à nossa volta.
Até aí, nada mais natural, afinal de contas viver é evoluir.
Com olhos de observador, não raro tenho deparado com um dos maiores flagelos – eu disse flagelos – do homem contemporâneo:
A incapacidade de viver um amor, uma história de amor.
Acredito que viver um amor não é para qualquer um. Basta que você recorra rapidamente à sua sobrecarregada memória para lembrar de vários conhecidos, amigos ou seja lá quem for, que lá pelas tantas praguejam a falta que faz ter alguém especial.
Tudo bem, existem amores impossíveis, platônicos (chatos...), complicados cujas dificuldades superlativas ocultam o sentimento essencial. Então, sejamos objetivos: Isso não é amor.
Amor existe. Eu juro.
Pode ser namorado, marido, amante, ficante (para os modernos e descolados), mas tem que saber fazer a coisa.
Gostar de você, do seu trabalho, do seu nome.
Rir pra você, rir de vocês, rir...
Caminhar ao seu lado mesmo que os caminhos pareçam diferentes, escrever bilhetes, esconder seus cremes e loções porque beleza demais enche o saco.
Ligar na segunda-feira pela manhã.
Conversar muito. Ouvir mais ainda. Saber ficar quieto.
Saber de você.
Admiração + Respeito + Desejo = Amor Legal.
Isso existe.
Se você sabe do que estou falando, diga isso ao seu amor.
Pode ser por carta, ele vai adorar.
Não esqueça de usar letras grandes, tinta colorida e o seu nome no fim da página.

Que o Santo Espirito do Senhor, Ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 

APENAS DIVULGA



Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...