Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

4 de maio de 2017

Hermenêutica - Teologia 29.40 - Exegese Medieval

Hermenêutica - Teologia 29.40
 
Exegese Medieval

Neste período os teólogos não tinham muito conhecimento da Bíblia.

Valiam-se em grande parte das tradições e do alegorismo para explicar as Escrituras.

Foi uma época de pouca cultura e erudição. Poucas pesquisas foram feitas neste período.

A fonte de doutrinas não era só a bíblia, mas também as tradições.

Tentavam harmonizar as tradições com a Bíblia.

O método do alegorismo predominava, mas não havia só este método. Havia também o misticismo.

Exemplo: Cabala ou Kabbala - é um tratado filosófico, religioso hebraico que propõe resumir uma espécie de religião secreta que se supõe haver coexistido com a religião popular dos hebreus.

Kaballah - Kabbel: Receber.

No cabalismo, também estava presente o “letrismo” Era um letrismo absurdo. Era uma teologia completamente mística.

Os judeus da Espanha (Sefarditas) fundaram uma escola própria de interpretação, liderada por Willian Champeaux, Séc. XII.

Incentivaram o retorno a um método de interpretação histórico-gramatical.

Nicolau de Lyra

Grande impacto. Restaura os chamados: Quatro sentidos.
Influência grandemente a Lutero.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.



Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...