Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

20 de abril de 2017

Grego - Teologia 26.07 - Pronúncia

Grego - Teologia 26.07

2.      Pronúncia

Muitos manuais e compêndios modernos têm dado um valor demasiado a pronúncia do grego koinê, a grande verdade é que a pronúncia original foi praticamente perdida, a pronúncia que usualmente se faz foi a adotada pelo humanista Erasmo de Roterdã, que foi o primeiro a publicar o texto grego dentro da moderna imprensa.  Mas a época de Erasmo já distava em quatorze ou quinze séculos da época do grego koinê.
A pronúncia ganhou certo destaque em nossos dias devido a necessidade dos alunos de aprenderem outro idioma pela pronunciação das palavras.  Portanto essa parte do idioma deve ser vista como um recurso didático e não como verdade.  Nisto é onde costumamos a dizer que o grego antigo em seu aspecto da fala está perdido para sempre.  Portanto o aluno não deve dar muita atenção a tentativa de ser falar o grego antigo, seu cuidado deve se concentrar nos aspecto morfológicos, sintáticos e estilísticos, que são mais absorvidos pela leitura silenciosa e analítica e não pela fonética.  Foi portanto um erro dar muito destaque a  suposta sonoridade do grego koinê como se fosse um idioma como o inglês que se aprende mais falando do que lendo.
Adotamos a pronúncia pela silaba tônica, sendo esta a que está com o sinal.


DICA DE LÍNGUA PORTUGUESA:

A Sílaba Tônica é aquela que se estende quando a palavra é pronunciada numa suposta caída num abismo.  Ex. A silaba tônica de CAVALO é o VA, pois pronunciando a palavra numa queda de abismo temos:
CA
     VA ...
              A...
                      A...
                              A...
                                      ..LO !




                Ainda no aspecto da pronúncia podemos destacar:
a.         Antes de g,k,z e c o g tem som de “n”.  Ex.:  øa;ggeloV ( pronúncia ânguelos ).
b.        O q se pronuncia como th forte em inglês.  Nesta pronuncia chegamos bem perto do “d”.  Talvez seja deste detalhe que encontramos a origem da nossa expressão Deus, pois quando pronunciamos Qeo;V, quase dizemos ela.
c.         O s, V é sempre sibilante ( possuindo o som de s ou ç e não de z ). Ex. øIhoou}V  se pronuncia Iessús e não Jezus.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA

.

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...