Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

8 de outubro de 2017

História De Israel – Teologia 31.33 - Candelabro de Ouro (Livro 3 Cap 7)

História De Israel – Teologia 31.33
 
CAPÍTULO 7

DESCRIÇÃO DA MESA, DO CANDELABRO DE OURO E DOS ALTARES QUE ESTAVAM NO TABERNÁCULO.

118. Moisés também pôs no Tabernáculo uma mesa semelhante às que haviam no Templo de Delfos. Tinha dois côvados de comprimento, um de largura e três palmos de altura. Os pés que a sustentavam eram quadrados, desde o alto até a metade, porém da metade até embaixo eram inteiramente semelhantes aos dos leitos dóricos e entravam quatro dedos no chão. Os lados dessa mesa eram fundos, para receber um ornamento feito em cordão aberto, que prendia tudo, tanto no alto como embaixo.
Havia no alto de cada um dos pés, por fora, um anel para se passar um bastão de madeira dourada que não se podia tirar facilmente, pois este não passava no sentido do comprimento da mesa, de um anel ao outro, mas apenas ultrapassava em muito pouco esse anel, e era fundo nesse lugar, para receber um outro bastão, que era colocado segundo a altura da mesa e preso por baixo, de modo que este último, sustentando a extremidade do primeiro, que passava pelo anel, fazia com que o primeiro bastão servisse de apoio firme para se levar nas viagens toda a mesa, de um lugar a outro.
Ela era colocada ordinariamente no lado norte do Tabernáculo, bem perto do Santuário, e punham-se por cima doze pães sem fermento, uns sobre os outros, seis de um lado e seis do outro, feitos de farinha pura. Havia em cada um desses pães dois gômeres, que é uma medida de que os hebreus se servem e que corresponde a sete coros áticos. Punham-se também sobre esses pães dois vasos de ouro cheios de incenso. Ao fim de sete dias e no dia que chamamos sábado, tiravam-se os doze pães, para se colocarem outros em seu lugar, e disso direi depois a razão.
Em frente à mesa, do lado sul, havia um candelabro de ouro não maciço, mas oco por dentro, que pesava cem minas, as quais os hebreus chamam sincares, que perfazem dois talentos áticos. O candelabro era adornado com pequenos corpos redondos: lírios, maçãs, romãs, pequenas taças, em número de setenta, que se elevavam desde o alto da haste até o alto dos sete braços de que se compunha e cujo número se referia aos sete planetas. Esses sete ramos eram simétricos. No alto de cada um, havia uma lâmpada, e todas elas estavam voltadas para o oriente e para o sul.
Êxodo 30. Entre a mesa e o candelabro, que estava atravessado, havia um pequeno altar sobre o qual se queimavam perfumes em honra a Deus. Esse altar, que tinha um côvado de quadrado e dois de alto, era de madeira incorruptível, revestida com uma lâmina maciça de cobre. Havia por cima um braseiro de ouro, em cujos cantos havia coroas, também de ouro, com grandes anéis, nos quais se passavam bastões, a fim de que os sacerdotes o pudessem carregar. À entrada do Tabernaculo estava outro altar, com cinco còvados de quadrado e três de alto, coberto também por uma lâmina de cobre. Estava adornado por cima com muito ouro. No lugar em que sobre o outro havia um braseiro, nesse havia uma grelha, através da qual o carvão e a cinza caíam em terra, porque não tinha pedestal. Perto desse altar estavam funis, frascos, turíbulos, taças e outros vasos necessários para o serviço divino, e tudo isso era de ouro muito puro.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...