Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

27 de abril de 2016

Estudo da Fé - Teologia 19.168 - Deixando o Hábito da Preocupação

Estudo da Fé - Teologia 19.168

Deixando o Hábito da Preocupação

Você sabia que é um pecado preocupar-se e ficar ansioso, e que estas coisas vão travar a sua fé? Deus não quer que nos preocupemos. Ele quer que sejamos livres das preocupações. Ele não nos quer limitados por esse tipo de hábito.
A preocupação foi o pecado que tive mais dificulda­des para deixar. Você sabia que é um pecado desobe­decer à Palavra de Deus? Preocupação é desobe­diência à Palavra de Deus.
A preocupação é um hábito pior do que o tabagismo. O cigarro o irá matá-lo pela metade, mas a preocupação irá matá-lo completamente!
A pessoa que fuma vive pela metade, enquanto esti­ver viva. Anda com o terrível gosto de tabaco na boca, e seu paladar fica entorpecido.
Não pode sentir o cheiro de nada porque ela mesma está com um forte cheiro de tabaco. E se pudesse sentir algum cheiro, pararia de fumarl Um fumante realmente não desfruta da vida plenamente porque vive senrímor-to. Os próprios médicos admitem isso. Mas os médicos também afirmam que a preocupação irá matar uma pessoa.
Quando estava no leito de enfermidade recebi a visita de um médico, que conversou comigo durante quarenta e cinco minutos.
Ele me perguntou se os outros médicos tinham-me dito o que estava errado comigo, e eu lhe respondi que não tinham.
Ele disse que falava às pessoas exatamente o que estava
errado com elas, e era isso o que ele iria fazer.
Pegou seu bloco, e escreveu sete termos médicos. Isto foi em 1933. Ele disse que a ciência médica conhe­cia sete tipos de problemas orgânicos graves no cora­ção, e que dos sete tipos eu tinha dois deles.
O médico disse que nasci com eles. Disse que tinha um coração deformado e que toda a área do peito estava deformada. Meu sangue estava pálido e aguado. Ele disse que os glóbulos brancos estavam destruindo os vermelhos numa velocidade maior do que a velocidade de produção dos glóbulos vermelhos. Meu corpo estava quase completamente paralisado. Somente podia usar uma parte do movimentos dos meus braços.
O médico disse que não havia nada que pudesse ser feito por mim e que deveria estar pronto para partir.
Também disse que não deveria ficar ansioso, nem preocupado, nem agitado a respeito de qualquer coisa. Ele disse que se, por exemplo, alguma coisa aconteces­se na rua que pudesse me deixar agitado, não deveria nem olhar pela janela, pois poderia ficar muito agitado e morrer.
O médico continuou dizendo que a preocupação pode matar uma pessoa. Presumo que falou essas coisas porque percebeu como minha avó e minha mãe se preocupavam, e também percebeu que estava preocu­ pado por não saber exatamente o que estava errado comigo.     -'
Quando ele foi embora, depois de me dizer para não me preocupar, Deus começou a tratar comigo a respeito do pecado. Comecei a me arrepender por isso.
Finalmente disse ao Senhor que não mais me preo­cuparia. Disse que praticaria o que lera em Sua Palavra.
Os trechos bíblicos relacionados com Mateus 6 foram iluminados para mim.
Mas, depois desta revelação inicial, não obedeci com­pletamente àquilo que entendi. Por isso, a Palavra de Deus ficou obscura para mim novamente. A Palavra de Deus é para ser praticada.
A Palavra de Deus é obscura para muitas pessoas porque não andam na luz daquilo que já possuem. Se você se arrepender e começar a andar na luz, a Palavra de Deus se tornará luz para você.
No instante em que fui para Mateus 6 e me arrependi por estar me preocupando, e comecei a andar na luz, o descanso da Palavra se tornou luz para mim novamente.
Demorou mais ou menos três meses até que pudesse sair do capítulo 6 de Mateus. Tentei continuar a leitura, mas não consegui entender mais nada até que me arrependi e comecei a fazer o que havia prometido a Deus que faria: ler Sua Palavra e obedecer a tudo que lesse.
Deus espera a obediência dos Seus filhos. A obediên­cia é o princípio pelo qual Deus opera a favor dos Seus filhos.
Assim, prometi ao Senhor que nunca mais me preo­cuparia. Prometi que nunca mais ficaria desanimado, nem deprimido. Nunca mais permitiria que a influência das pessoas me levasse ao desânimo, nem por um momento.
Deus disse para não ficar preocupado nem para ter a menor ansiedade a respeito de qualquer coisa. Deus nos disse para sermos praticantes da Palavra. Preci­samos ter ações que correspondam a nossa fé.
Levou algum tempo até que minha esposa deixasse o hábito da preocupação. Hoje ela já venceu este pro­blema. Mas quando éramos recém-casados, ela não sabia que a preocupação era um pecado. Por exemplo, quando nossos dois filhos eram pequenos, ela ficou zangada comigo a respeito de algo que aconteceu quan­do íamos para a casa pastoral. Nosso filhos eram bebês. Segurava no colo um deles e ela segurava o outro. Subitamente, ela disse: "Acho que você não ficaria preo­cupado se as crianças e eu caíssemos subitamente mortos".
Eu disse: "Certamente que não me preocuparia. Seria um tolo se começasse a me preocupar. O que de bom a minha preocupação conseguiria fazer depois que vocês já estivessem mortos?"
A minha preocupação não traria minha família de volta! A preocupação é uma tolice; a preocupação nunca realiza nada de produtivo. Jesus disse isso em Mateus 6.27.
Depois que falei aquilo para minha esposa, penso que tal afirmação deixou-a mais furiosa do que nunca, mas depois ela finalmente entendeu este assunto à luz da Palavra de Deus.
Quando não somos praticantes da Palavra, estamos iludindo a nós mesmos. Tiago disse: Tomai-vos, pois, praticantes da Palavra, e não somente ouvintes, enga-nando-vos a vós mesmos (Tg 1.22).

1 PEDRO 5.7
7 Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, por­que ele tem cuidado de vós.
1 PEDRO 5.7 Amplificada
7 Lançando sobre ele a totalidade das suas ansieda­des -TODAS as suas aflições, TODAS as suas preo­cupações, e TODOS os seus cuidados, UMA VEZ PARA SEMPRE - sobre Ele; porque Ele cuida de vós com afeição, e zela por vós com vigilância.


Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.

Reações:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...