Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

29 de junho de 2017

História Da Igreja - Teologia 30.53 - A Confissão de AugsBurg

História Da Igreja - Teologia 30.53
 
CAPÍTULO 9

A CONFISSÃO DE AUGSBURG

Em 1529 o imperador Carlos V vendo a rápida expansão das idéias de Lutero convocou uma assembléia chamada de “Dieta de Spira” na qual permitia que
as doutrinas de Lutero fossem exercidas apenas nas regiões em que estavam naquele momento mas não poderiam ser pregadas no restante do país. Os
Luteranos não aceitaram promovendo um protesto, a partir daí começaram a ser chamados de protestantes.

Em 1530 Lutero e Phillip Mellanchton que eram amigos inseparáveis escreveram a Confissão de Augsburg, esta continha os pontos de fé defendidos pelos
dois que formavam a liderança da reforma. Vejamos os pontos principais do documento:

          A bíblia é a única regra de fé
          A salvação vem pela fé
          A inexistência da transubstanciação mas sim da consubstanciação
          A substituição do latim pelo alemão (idioma nacional)
          A livre interpretação das Escrituras pelos fiéis
          O fim do celibato clerial
          O fim de cargos como: papas. Cardeais, bispos etc.


A confissão combatia também a adoração a ídolos como também sua presença nas igrejas, oração pelos mortos e purgatório.

Com isso estava marcado um novo início já não havia mais o domínio total do papa sobre o mundo, as doutrinas de Lutero se espalharam muito rápido e
logo chegou a outros paises que também aderiram à reforma. CAPÍTULO 10

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...