Estamos em Manutenção # We are in Maintenance Bem Vindos a Este Espaço # Welcome to This Space

30 de setembro de 2018

História Do Cristianismo - Teologia 32.171 - CONSPIRAÇÃO CONTRA O PAPA

História Do Cristianismo - Teologia 32.171



CONSPIRAÇÃO CONTRA O PAPA

Restava agora a Filipe tomar um partido decisivo a res­peito do papa, e encontrou um bom auxiliar em Guilherme de Nogaret, chanceler francês, o qual por 10.000 florins su­bornou um fidalgo romano chamado Colonna, que tinha acesso ao papa, e acompanhado de 300 cavaleiros armados dirigiu-se para Anagni, onde o pobre velho então morava.
Estava rodeado pelos cardeais e a sua comitiva quando se ouviu o som das patas dos cavalos, seguido do grito tu­multuoso de "Morra o papa! Viva o rei de França!" Ime­diatamente desapareceram cardeais e comitiva, deixando o papa sozinho. Mais triste pelo abandono dos seus amigos do que pelos perigos que o esperavam, o pobre velho não podia reprimir os primeiros sentimentos da sua natureza, e debulhou-se em lágrimas. Mas aquela fraqueza foi logo vencida, e sustentar a dignidade do seu cargo foi o pensa­mento que absorveu todos os outros: "Visto que sou atrai-çoado, como Jesus Cristo o foi também", exclamou ele, "hei de ao menos morrer como papa". E pondo as suas ves­timentas, colocou a tiara sobre a cabeça, pegou nas chaves e na cruz, e subiu para a cadeira pontificial. Colonna e Nogaret foram os primeiros a entrar, mas a atitude digna do velho desarmou a sua coragem, e não avançaram. No en­tanto os outros tinham-se espalhado pelos outros quartos procurando alguma coisa para roubar, e enquanto estavam assim ocupados, o povo de Anagni voltou a si do susto, e correu para salvar o papa. Conseguiram-no, e os do partido do rei que não morreram na peleja, fugiram do palácio com tudo que puderam levar.

Que o Santo Espirito do Senhor, ilumine o nosso entendimento
Não perca tempo, Indique esta maravilhosa Leitura
Custo:O Leitor não paga Nada, 
Você APENAS DIVULGA
E COMPARTILHA
.


Reações:

0 Comentários :

Postar um comentário

Deus abençoe seu Comentario